Quarta-feira, 21 de Outubro de 2020 | você está em »principal»Blogs»Coisas de Cinema
Publicado em 25/05/2015 às 09h37
Foi sem nunca ter sido


RODRIGO ROMERO

'Titanic' (1997) com o casal DiCaprio e Sharon Stone. 'Forrest Gump' (1994) protagonizado por John Travolta. Will Smith escolhendo a pílula de 'Matrix' (1999). E Jack Nicholson com as sobrancelhas de Michael Corleone, em 'O Poderoso Chefão' (1972). Se você estranhou ausências de Kate Winslet, Tom Hanks, Keanu Reeves, Al Pacino, saiba que os citados papéis poderiam muito bem ter sido feitos por esses outros. É divertido pensar como teria sido caso determinados convites fossem aceitos. É claro que as fitas teriam outra roupagem, rumariam a caminhos distintos e quem sabe receberiam prêmios diferentes. No caso de 'O Poderoso Chefão', por exemplo, Corleone foi oferecido, além de Nicholson, a Dustin Hoffman, Robert Redford e Warren Beaty. O trio recusou. O arrependimento é algo cruel...

Na sétima arte os casos são infinitos. Alguns até não teriam tanta diferença assim. É só imaginarmos Kim Basinger no lugar de Sharon Stone em 'Instinto Selvagem' (92). Basinger tinha acabado de estar em 'Batman' (1989) e '9 ½ Semanas de Amor' (1986) interpretando mulheres fatais, sensuais. Então, declinou do convite para contracenar com Michael Douglas... Outro: Mel Gibson no posto de Russel Crowe em 'Gladiador' (2000). Gibson tinha dirigido cinco anos antes 'Coração Valente', já tinha cara de guerreiro 'sei la o quê'. Mas Crowe estava em alta após 'O Informante' (1999) e havia sido revelado em 'Los Angeles: Cidade Proibida' (1997). E, creio, não seria tão estranho pensar em Nicole Kidman como a personagem de 'O Leitor' (2008). O papel ficou com Kate Winslet. Teria muita discrepância?

Há os clássicos. N''Os Caçadores da Arca Perdida' (1981), Steven Spielberg não pensou em Harrison Ford como primeira opção. Imaginem Tom Selleck, aquele de 'Três Solteirões e um Bebê' (1987) e da série 'Magnum', com o chapéu do arqueólogo aventureiro. Poderia ter ocorrido caso T. Selleck tivesse dito 'sim' ao convite. É a vida. Em 'Forrest Gump', antes de T.Hanks, J.Travolta, a produção chamou Bill Murray e Chevy Chase! Em 'Ghost: Do Outro Lado da Vida' (1990), Sam, eternizado por Patrick Swayze, esteve nas mãos de... Bruce Willis. No ótimo 'Menina de Ouro' (2004), de Clint Eastwood, a boxeadora que deu o Oscar de atriz a Hillary Swank por pouco não foi feita por Sandra Bullock. Estas e demais situações acontecem. Chances vem e vão. Saber escolher é um dom? Nunca se sabe. Talvez.

Publicidade
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

21 OUT
Publicidade
Notícias

Artigos
Perfil do Blog
Coisas de Cinema

Rodrigo Romero é jornalista desde 2001. Passou por Diário de Jacareí, Diário de Mogi e assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Jacareí. Em 2008 foi para a TV Câmara Jacareí, onde até hoje atua como apresentador e repórter. Escreve há quase dez anos, semanalmente, a coluna 'Coisas de Cinema' no Diário de Jacareí.


E-mail do autor: rodrigoromeropl@ig.com.br
Arquivo
Publicidade
Publicidade
11/10/2019
A Prefeitura de Jacareí anunciou a implantação de corredores de ônibus na cidade. Qual a sua opinião sobre o tema?
06/04/2019
Após 100 dias de trabalho, qual a sua avaliação sobre o governo de Jair Bolsonaro (PSL)?
  • 38.1%
  • 19.5%
  • 14.6%
  • 13.3%
  • 12.2%
  • 2.2%
Logos e Certificações: