[[date:%A, %d %B %Y]]
Assuntos como cerimonial, teatro, literatura, música, pintura terão sempre pessoas da terra como protagonistas, a grande maioria de Jacareí.

Incentivadora de sonhos

Leila morava em São Paulo quando começou a estudar ainda menina. Cursou até a 5ª série do ensino fundamental. 

Informações Adicionais

  • Diário de Jacareí
  • A professora Leila Cristina Prezzoto Romano tem uma linda história de vida que, ao conta-la, emociona-se. Dá aulas na EJA (Educação de Jovens e Adultos) movida pela gratidão e vontade que seus alunos sigam com garra o que os impulsionou a estudar tardiamente. Isto será bom para eles, mas tem outro grande valor, pois servirá de incentivo para milhares de outros que não tiveram oportunidade de aprender no tempo – digamos – normal, e estejam inibidos de reverter a situação que hoje enfrentam.

Profissão: amar o ensino

Nascida em São Paulo, aos seis anos de idade Silvia Bardi mudou-se com a família para Jacareí onde ficou definitivamente. 

Informações Adicionais

  • Diário de Jacareí
  • Silvia Bardi, nossa 'filha brilhante' em destaque nesta edição, é professora. Está aposentada por trabalhar 34 anos na rede escolar, desde o tempo em que o Município respondia pelo ensino infantil e o Estado pelo restante, até o término do hoje ensino médio. Sílvia foi e é contratada para outras funções importantes na rede, mas 'é' professora; quando não na prática, com certeza na alma. Nascida em São Paulo, aos seis anos de idade mudou-se com a família para Jacareí onde ficou definitivamente.

A paixão de Sônia

Aposentada do serviço público, dedica-se exclusivamente a dirigir a tradicional e mais antiga creche da cidade – Cantinho da Providência – pertencente à Diocese.  

Informações Adicionais

  • Diário de Jacareí

Homenagem merecida

Salette espontaneamente distribui, há tempos, flores, poemas e livros no primeiro dia do ano, sempre ali no início da principal ponte de Jacareí, 

Informações Adicionais

  • Diário de Jacareí
  • Ela nasceu em São José dos Campos, porém mora em Jacareí desde 1978. Formada em Letras pela Unip, atualmente estuda Direito na Faculdade Anhanguera. Ela também exerce o cargo de Oficial Técnico-legislativo na Câmara Municipal de Jacareí, onde ingressou há cerca de 30 anos.

Missão de vida

Ao contrário do que Simone imaginava, os contatos com o sofrimento desses desamparados pela sorte mais a comovia que assustava.  

Informações Adicionais

  • Diário de Jacareí
  • Quando, em 2012, a funcionária municipal Simone Nascimento Toledo, recém-formada em Serviço Social, foi designada para trabalhar como técnica de assistência social na 'Casa da Passagem de Jacareí' teve receio do que lhe poderia acontecer no dia a dia com moradores em situação de rua.

Afinal, quem fundou Jacareí

Claro que aceitar a verdade não será tão simples. Nosso hino fala que Antônio Afonso é o 'fundador, o pai e o herói'. 

Informações Adicionais

  • Diário de Jacareí
  • Quem tem dúvidas se foi mesmo Antônio Afonso que fundou Jacareí – ou não; ou sobre quem teria habitado Jacareí antes de nós; qual a tradução correta do nome da cidade, quais nomes constam na ata de fundação. Afinal, as mulheres tiveram mais iniciativa que os homens da época para dar o pontapé inicial na transformação daquela humilde parada de tropeiros em vila, enfim, quem ainda não tem segurança em discutir as origens da cidade que tanto gostamos, tem até o próximo domingo para acabar de vez com essas dúvidas.

Cepinho, um pioneiro inesquecível

Impressiona a contribuição desse incansável homem do Vale do Paraíba, como dá a entender o escritor Dil Pelóggia em 'Início Meio e Fim'.  

Informações Adicionais

  • Diário de Jacareí
  • Não se pode narrar a formação de Jacareí como a conhecemos hoje sem destacar o Filho Brilhante Benedito Pedro Cepinho. Impressiona a contribuição desse incansável homem do Vale do Paraíba, como dá a entender o escritor Dil Pelóggia em 'Início Meio e Fim', narrativa na qual exalta 'um homem de bom coração com um sonho a realizar': o de tornar grande a então 'terra de verdes matas e estrada de terra vemelhas' então banhada pela cristalinas águas do Rio Paraíba do Sul numa grande cidade.

Biscoitos com sabor saudade

Um filme lançado na última quinta-feira (28) imortaliza essa rotina de saudosa memória.  

Informações Adicionais

  • Diário de Jacareí

De olho no cotidiano

Esse espírito de análise do cotidiano das pessoas a fez dedicar-se à atividade de escrever, o que ela faz com dedicação e frequência. 

Informações Adicionais

  • Diário de Jacareí
  • 'Tenho a impressão de que a Pandemia fez com que muitas pessoas botassem para fora tudo o que têm de pior dentro de si', resume numa frase a Filha Brilhante Walcerly Correa de Oliveira, nosso destaque de hoje. Apesar da afirmação incisiva, ela não se mostra totalmente pessimista com relação ao futuro. 'Passamos e vamos passar por muitas dificuldades ainda neste ano, mas acredito em Deus que no final tudo saia bem' diz.

25 anos da LIC

Ludmila Saharovsky, que assumira a presidência da Fundação Cultural de Jacareí, em 1997,. conta um pouco dessa história. 

Informações Adicionais

  • Diário de Jacareí
  • Este ano, a LIC (Lei de Incentivo à Cultura) de Jacareí completa 25 anos. Era presidente da Fundação Cultural de Jacareí, em 1997, quando ela entrou em vigor, a Filha Brilhante Ludmila Saharovsky, que assumira o cargo nesse ano. Ela mesmo nos conta um pouco da história:

O dia do Doutor Lê

O mérito do importante trabalho do nosso Doutor Lê vai muito além de suas virtudes intelectuais e seriedade profissional. 

Informações Adicionais

  • Diário de Jacareí
  • Há 13 anos revelávamos aos nossos leitores o Filho Brilhante, Leandro Faria de Souza, que se graduara 'com louvor' em História, pela PUC (Pontifícia Universidade Católica) de São Paulo. Era início da carreira também brilhante do jovem 'Professor Lê', que foi comemorada em Jacareí por familiares e amigos numa festa inesquecível no Trianon Clube na sempre lembrada 'Noite do Professor Lê'.

Um tributo aos pioneiros

O usual e econômico era valer-se das peças vendidas em vários pontos da cidade para que um seleto grupo do ramo montasse os aparelhos. 

Informações Adicionais

  • Diário de Jacareí
  • Hoje, quando falamos com o mundo em viva voz e imagem em tempo real; quando podemos cursar a faculdade de nossa preferência ou quando compramos e vendemos qualquer coisa sem precisar sair de casa, já começamos a nos esquecer dos pioneiros que enfrentaram todo tipo de adversidade na busca de que Jacareí se alinhasse em tecnologia com o restante do planeta.

Bertha internacional: Parabéns a ela

Doutorada em letras, Bertha compôs vários outros poemas e venceu alguns concursos, mas nada com tal repercussão.  

Informações Adicionais

  • Diário de Jacareí
  • Faz 80 anos que Bertha Celeste Homem de Mello, então residente numa fazenda em Pindamonhangaba, venceu cerca de 5 mil concorrentes em concurso realizado pela Rádio Tupi do Rio de Janeiro. Motivo: compôs versos em português para a canção norte-americana 'Happy Birthday To You'. O júri foi representado por três por três membros da Academia Brasileira de Letras, um deles, Cassiano Ricardo, de São José dos Campos. A letra, você sabe, diz: 'Parabéns a você, nesta data querida, muita felicidade, muitos anos de vida'.

​Descuidos da sorte

'Vagar pela cidade é como passear sobre um livro aberto' dizia o jornalista Jobanito quando citava bairros como o histórico São João. 

Informações Adicionais

  • Diário de Jacareí
  • Visitantes de Jacareí pela primeira vez, novos moradores e até quem já está na cidade faz algum tempo demonstram curiosidade pelos nomes das ruas. Quem foi 'Alfredo Schurig', por exemplo, Capitão João José de Macedo e outros. 'Vagar pela cidade é como passear sobre um livro aberto' dizia o jornalista Jobanito quando citava bairros como o histórico São João. A começar pela sua entrada, logo depois da ponte, a Praça da Independência, que há 100 anos não existia, 'era apena pasto de tropeiros'.

O Máximo do pioneirismo cinematográfico

Era o começo. Havia dezenas de salas de filmes em vários pontos da cidade. 

Informações Adicionais

  • Diário de Jacareí
  • Fala-se de uma adequação das salas exibidoras de cinema, com novo formato, que deve acontecer no 'pós-pandêmico'. Traz-nos à memória que há exatos cem anos – a partir da segunda década do século passado – Jacareí iniciava a convivência com exibições cinematográficas. Ainda rudimentar, claro. Era o começo. Havia dezenas de salas de filmes em vários pontos da cidade.

É tempo de aprender

Professor criou na Tito Máximo o programa 'Mãos à Horta', em que a classe se dedica, à plantação de Ervas Medicinais e Temperos, em um espaço da escola.  

Informações Adicionais

  • Diário de Jacareí
  • Rogério da Silva Braga é professor da rede municipal de ensino de Jacareí desde 1992, quando concluiu o Magistério na escola Silva Prado. Formou-se e passou a dar aulas como professor eventual. Mais tarde formou-se em Pedagogia na Faculdade Etepe. Nesta segunda fase foi para a área que sempre desejou: a EJA (Educação de Jovens e Adultos), destinada a estudantes que não foram alfabetizados na idade normal.

Gloriosas redundâncias

Alfabetizada no idioma russo pela avó materna, professora de literatura russa, encontrou nos livros e na escrita o refúgio para a difícil adaptação aos falares brasileiros.  

Informações Adicionais

  • Diário de Jacareí
  • A arte acompanha Ludmila Saharovsky desde o início de sua vida em Lager Parsch, na Áustria, num campo de refugiados da Segunda Guerra Mundial. Alfabetizada no idioma russo pela avó materna, professora de literatura russa, encontrou nos livros e na escrita o refúgio para a difícil adaptação aos falares brasileiros, em país de usos e costumes completamente diferente dos de sua família.

Jacareí despede-se de Tony

Esses trabalhos de arte-raiz valeram-lhe o título de 'Mestre da Cultura Viva de Jacareí', outorgado pela Fundação Cultural José Maria de Abreu.

Informações Adicionais

  • Diário de Jacareí
  • Num papel por sobre a mesa,/ A caneta inconsciente/ Parecia tremular/ O momento num repente,/ Surgiu verso inspirado/ Num assunto diferente. Começam assim os versos do cordelista Antônio Rodrigues Cardoso, o Tony Cardoso, em 'A revolta do sal', que conta a saga do jacareiense Bartolomeu Fernandes de Faria. Em 1710, revoltado com a retenção do produto no porto de Santos para manter o preço alto, Faria reuniu um grupo armado e foi pessoalmente buscar o sal impedido de chegar por aqui.

Um presente para ‘nossos filhos’

O importante é que famosos ou anônimos, jovens que todos os dias também cedem parte de suas vidas a destacar nossa cidade, entendam-se merecidos da denominação especial de "Filhos Brilhantes".  

Informações Adicionais

  • Diário de Jacareí
  • Neste mês que termina, no qual se comemorou o Dia das Crianças, não poderíamos deixar passar em Branco sem mencionar a responsabilidade que todos temos de entregar às crianças da cidade um mundo pelo menos melhor do que nós recebemos. O poeta e compositor Benedito José Mendes da Silva, autor do Hino de Jacareí, mencionou essa responsabilidade ao apresentar o poema mais tarde musicado por Messias Santos. Em nosso hino está implícita essa intenção ao mencionado ser o município 'berço puro de filhos brilhantes'.

Mais gratidão para com animais

Ela cuida especialmente de cães e gatos em clínicas veterinárias, com métodos até pouco tempo desconhecidos nesse campo. 

Informações Adicionais

  • Diário de Jacareí
  • ​Existe um mundo à parte dentro do nosso que precisa ser valorizado com humanidade. Trata-se dos redutos onde pessoas admiráveis dedicam-se a melhorar a situação de animais domésticos. Destacamos hoje a 'Filha Brilhante' jacareiense, médica veterinária Edilene Cristina Monteiro e Silva, que também atua em São José dos Campos e Taubaté. Ela cuida especialmente de cães e gatos em clínicas veterinárias, com métodos até pouco tempo desconhecidos nesse campo.
No Internet Connection