Domingo, 08 de Dezembro de 2019 | você está em »principal»Blogs»O Quinto Poder
Publicado em 15/11/2019 às 19h17
130 anos da República


JOSÉ LUIZ BEDNARSKI

Mais um XV de Novembro. Como nos 129 anos anteriores, nada a comemorar. Enquanto os otimistas aguardam o novilúnio de Ordem e Progresso que nunca chegou, a República continua engatando ré no desenvolvimento do País.

Se o histórico do modelo aponta alguma perspectiva, o balanço é desanimador: oito Presidentes depostos, três renunciantes, um impedido de tomar posse e dois que efetivamente não o fizeram, um que assumiu pela força, seis interinos, cinco em regime de exceção, e duas juntas militares. 

A República coleciona, ainda, 12 estados de sítio, 17 atos institucionais, 6 dissoluções do Congresso, 19 rebeliões militares, 7 constituições diferentes, 9 governos autoritários, sem contar as cassações, banimentos, exílios, intervenções em sindicatos e universidades, censura à imprensa, dentre outras arbitrariedades.

Nem a fase atual (desde 1985), conhecida como Nova República, se salva. Ela é marcada pela assunção inesperada dos Vice-Presidentes (Sarney, Itamar e Temer). Tancredo morreu antes de tomar posse, Dilma sofreu impeachment, Collor também (e renunciou), Lula foi condenado criminalmente e preso. Sem intercorrências, só mesmo a gestão de FHC.

Proliferaram os escândalos - morcego negro, anões do orçamento, mensalão, petrolão, assassinatos, cartel de empreiteiras, mala do amigo Michel, dólar na cueca, mais malas no apê do Gedel, extratos do Queiroz. Isso só para lembrar de alguns.

Consolidou-se um modelo dito democrático, apoiado na obrigatoriedade do voto, na proibição de candidaturas independentes e na escravidão tributária do setor produtivo para financiamento público cada vez mais milionário das quadrilhas conhecidas como partidos políticos.

O sábio Rui Barbosa, republicano arrependido, depois de ver o antes e o depois, comparou os regimes: 'Na Monarquia o Parlamento era uma escola de estadistas, já na República o Congresso é um balcão de negócios'.

Até Marechal Deodoro, em cartas ao sobrinho, ano antes da proclamação, recomendara: 'República no Brasil é coisa impossível porque será uma verdadeira desgraça. Os brasileiros estão e estarão muito mal-educados para republicanos. Não te metas em questões republicanas, porque República no Brasil e desgraça completa é a mesma coisa; os brasileiros nunca se prepararão para isso, porque sempre lhes faltarão educação e respeito'.

Feliz aniversário, megera madrasta.

Publicidade
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

08 DEZ
Publicidade
Notícias

Artigos
Perfil do Blog
O Quinto Poder

Coluna assinada pelo Promotor de Justiça da Cidadania, José Luiz Bednarski. Uma abordagem apartidária, com discussão aberta dos assuntos de interesse geral; o amadurecimento paulatino da cidadania, a força da população em diálogo com órgãos independentes representativos, como MP, Defensoria Pública e outras instituições criadas ou fortalecidas a partir daConstituição de 1988.


E-mail do autor: joseluizbednarski@gmail.com
Arquivo
11/10/2019
A Prefeitura de Jacareí anunciou a implantação de corredores de ônibus na cidade. Qual a sua opinião sobre o tema?
06/04/2019
Após 100 dias de trabalho, qual a sua avaliação sobre o governo de Jair Bolsonaro (PSL)?
  • 38.1%
  • 19.5%
  • 14.6%
  • 13.3%
  • 12.2%
  • 2.2%
Publicidade
Publicidade
Logos e Certificações: