Publicidade
Sexta-feira, 30 de Outubro de 2020 | você está em »principal»Notícias»Geral
Publicado em 10/10/2020 às 18h39
Pesquisa da CBIC aponta retomada na intenção de compra de imóveis
A Redação / Assessoria de Imprensa
Ilustração
Ilustração
Além da retomada na intenção de compra, outros indicadores apontam que o setor imobiliário mostrou resistência na pandemia

A intenção de compra de imóveis no país retomou ao nível pré pandemia. É o que aponta uma pesquisa da CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da Construção). Em agosto, 40% dos consumidores afirmaram que pretendem fazer a aquisição de uma unidade. 

Esse índice está próximo do patamar de fevereiro, quando 43% dos consumidores disseram ter intenção de comprar um imóvel. O indicador chegou a cair para 20% em abril, por conta dos reflexos da pandemia.

Em agosto, dos 40% que sinalizaram a intenção de compra, 13% já estão visitando imóveis e 27% apontaram que estão em fase de pesquisa. "Isso representa concretamente uma recuperação do ânimo das famílias brasileiras", afirmou Fábio Araújo, diretor da Brain Inteligência Estratégica, durante a apresentação dos resultados.

METODOLOGIA
O levantamento da CBIC é feito mensalmente por amostragem. Foram entrevistadas 689 pessoas nas cinco regiões do Brasil. Os resultados são apresentados em lives nos canais da CBIC e da Brain, empresa responsável pelas sondagens. 

Além da retomada na intenção de compra, outros indicadores apontam que o setor mostrou resistência na pandemia. Segundo a Abecip (Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança), os financiamentos superaram R$ 54 bilhões no primeiro semestre deste ano. Uma alta de 34% em relação ao mesmo período de 2019.

Para os especialistas, um dos motivos para esse volume é a redução da taxa básica de juros. A Selic está em 2% ao ano, o menor patamar já registrado na história. Como ela é a referência para o restante da economia, também há impacto no crédito imobiliário.

Desse modo, mesmo com a pandemia, as vendas de imóveis ficaram estáveis nos primeiros seis meses de 2020. Segundo a CBIC, foram comercializadas 71.109 unidades de janeiro a junho em todo país. Esse número ficou apenas 2,2% abaixo do registrado no primeiro semestre de 2019, quando foram vendidas 72.710. unidades.

Publicidade
Relacionadas
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

30 OUT
Publicidade
Notícias

Blogs
Publicidade
Publicidade
11/10/2019
A Prefeitura de Jacareí anunciou a implantação de corredores de ônibus na cidade. Qual a sua opinião sobre o tema?
06/04/2019
Após 100 dias de trabalho, qual a sua avaliação sobre o governo de Jair Bolsonaro (PSL)?
  • 38.1%
  • 19.5%
  • 14.6%
  • 13.3%
  • 12.2%
  • 2.2%
Logos e Certificações: