Publicidade
Segunda-feira, 25 de Janeiro de 2021 | você está em »principal»Notícias»Editorial
Publicado em 20/10/2017 às 14h58
Não só do bolinho caipira há de viver nosso turismo
A Redação / Diário de Jacareí

A Câmara Municipal aprovou na quarta-feira (18) uma emenda à Lei Orgânica que passa a comemorar o dia em que o povoado de ‘Nossa Senhora da Conceição da Paraíba’ foi elevado à categoria de ‘Villa Jacarehy’”, 24 de novembro de 1653, como data oficial da fundação da cidade.

Até agora, essa comemoração dava-se pelo registro da passagem de vila à cidade, em 3 de abril de 1849, o que além de historicamente incorreto gerava polêmica. De 1849 até 2017 são 168 anos, portanto não havia sentido em festejar 365 anos de Jacareí como fizemos no último 3 de abril. Semelhante ao horário de verão que tem ‘meia-noite’ duas vezes quando acerta os relógios, vamos ter este ano uma segunda comemoração de data de fundação – faz parte.

O importante é que demos mais um passo para resolver uma questão histórica das várias que ainda temos sobre nossos primeiros tempos. Por exemplo, o brasão municipal fora dos padrões internacionais, fato que começou a ser revisto por uma equipe especializada. A letra do Hino de Jacareí com erros grosseiros nas primeiras palavras quando evoca Antônio Afonso como ‘o fundador, pai e herói’.

Segundo concluem historiadores respeitados, como o professor e ex-prefeito Benedicto Sérgio Lencioni (BSL) e Ana Luiza do Patrocínio, não há qualquer registro de que o bandeirante, embora agraciado pelo governo de Portugal com estas terras (sesmaria), tenha estado por aqui. Portanto, não é certo chama-lo de herói, pai e, muito menos, de ‘o fundador’.

Neste momento em que o governo municipal coloca-nos a caminho de cidade de atrativos turísticos, temos que urgentemente dar uma arrumada na casa para receber visitantes curiosos por saber em que nos transformamos depois que deixamos de ser a ‘terra do biscouto’ e se por aqui foi mesmo lançada no rio a imagem encontrada em Aparecida há 300 anos, etc. (e bota etc. nisso).

Assim, é bem-vinda iniciativa do prefeito Izaías Santana, autor do projeto, que começa a botar ordem no imbróglio, notadamente agora que começamos a adquirir perfil de cidade grande e de interesse turístico. Afinal, não só pelo bolinho caipira deve destacar-se um município deste porte.

É a nossa opinião.

Relacionadas
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

25 JAN
Publicidade
Notícias
facebook
Blogs
Publicidade
Publicidade
14/01/2021
Santos e Palmeiras disputam a final da Taça Libertadores no dia 30 de janeiro, às 17h, no Maracanã. Na sua opinião, qual dos dois será o campeão?

Nenhuma enquete encontrada!

Logos e Certificações: