Sábado, 28 de Março de 2020 | você está em »principal»Notícias»Cidade
Publicado em 19/03/2020 às 14h09
Metalúrgicos da Caoa Chery em Jacareí entram em greve contra demissões
A Redação / Diário de Jacareí
Roosevelt Cássio/Sindmetalsjc
Roosevelt Cássio/Sindmetalsjc
De acordo com o sindicato da categoria, com a mobilização, 100% da produção está parada

Os metalúrgicos da Caoa Chery, em Jacareí, entraram em greve nesta quinta-feira (19), em protesto contra as 59 demissões realizadas na quarta-feira (18) pela montadora. De acordo com o sindicato da categoria, com a mobilização, 100% da produção está parada.

Em nota enviada ao Diário de Jacareí, a empresa alega que a situação econômica do Brasil neste início de ano, agravada pela recente disparada do dólar, 'gerou uma grande e inesperada queda nas vendas do setor' (ver reportagem abaixo).

Os trabalhadores reivindicam a reintegração dos demitidos, estabilidade no emprego, manutenção dos direitos e licença remunerada para todos. As medidas são uma exigência dos metalúrgicos neste momento de crise provocada pela disseminação do novo coronavírus. 

Ainda nesta quinta-feira (19) uma reunião deve acontecer entre o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e a direção da Chery para discussão da pauta de reivindicações. O resultado dessa reunião será apresentado na sexta-feira em assembleia dos trabalhadores, que decidirão sobre os rumos da greve.

“Os trabalhadores deram uma resposta à altura a essa covardia cometida pela Chery. As demissões são inaceitáveis, neste momento em que a população mais precisa de seus empregos”, afirma o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região, Weller Gonçalves.

Chery diz que cenário econômico, dólar
e queda nas vendas explicam demissões

Procurada pelo Diário de Jacareí para comentar o assunto, a Caoa Chery confirmou o desligamento de colaboradores da fábrica de Jacareí, nesta quarta-feira (18).

De acordo com a empresa, a situação econômica do Brasil neste início de ano, agravada pela recente disparada do dólar, 'gerou uma grande e inesperada queda nas vendas do setor'.

"Esta medida tem por objetivo reequilibrar a operação da empresa no País e resistir ao cenário econômico atual e previsto para os próximos meses. Além de permitir a manutenção dos demais empregos na região, que serão fundamentais para o lançamento de um novo produto previsto para o primeiro semestre deste ano", enfatiza.

A Caoa Chery reforça ainda que, desde o início da operação da marca, todos os esforços foram feitos para trazer novos investimentos e valorizar a mão de obra local, com destaque para os mais de 250 novos postos de trabalho abertos.

De acordo com a empresa, essas ações demonstram "o compromisso da companhia com o desenvolvimento econômico da região do Vale do Paraíba e da indústria automotiva nacional", finaliza.

Publicidade
Relacionadas
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

28 MAR
Publicidade
Notícias

Blogs
11/10/2019
A Prefeitura de Jacareí anunciou a implantação de corredores de ônibus na cidade. Qual a sua opinião sobre o tema?
06/04/2019
Após 100 dias de trabalho, qual a sua avaliação sobre o governo de Jair Bolsonaro (PSL)?
  • 38.1%
  • 19.5%
  • 14.6%
  • 13.3%
  • 12.2%
  • 2.2%
Publicidade
Publicidade
Logos e Certificações: