Segunda-feira, 26 de Outubro de 2020 | você está em »principal»Notícias»Geral
Publicado em 25/09/2020 às 07h34
Em meio à pandemia, veículo se mantém presente e relevante na vida dos brasileiros
Milena Abreu / Agência Rádio2
Ilustração
Ilustração
O rádio ganha fôlego à medida que se adapta às novas tecnologias

25 de setembro, Dia do Rádio! Data para celebrar este veículo de comunicação que está mais vivo do que nunca.

O rádio ganha fôlego à medida que se adapta às novas tecnologias, e, este ano, em meio à pandemia de coronavírus, tem se mantido presente e relevante na vida dos brasileiros. Uma pesquisa realizada pela Kantar Ibope Mídia em 13 regiões metropolitanas do país revela que 78 em cada 100 brasileiros são ouvintes de rádio. Desses, 3 em cada 5, fazem isso todos os dias.

Cada ouvinte passa, em média, 4 horas e 41 minutos por dia acompanhando a programação, seja no carro, no trabalho, em casa ou em qualquer outro lugar.

Aliás, o rádio comum ainda é o dispositivo preferido dos ouvintes: 81% ouvem a programação sintonizando pelo dial, 23% dos ouvintes o fazem polo celular, 4% em outros equipamentos, como tablets, por exemplo, e 3 em cada 100 ouvintes usam o computador para ouvir rádio.

A pesquisa Kantar Ibope revelou, também, que o rádio conversa com audiências de todas as faixas etárias, mas a média de ouvintes entre as pessoas mais jovens é maior que entre os mais velhos. Destaque para os brasileiros entre 20 e 49 anos de idade: 83 em cada 100 pessoas dessa faixa etária são ouvintes de rádio.

Sem dúvida, uma das principais características do rádio é o potencial de seu alcance e a capacidade de se conectar a pessoas de todos os gêneros, classes sociais e idades. Afinal, tem programação para todos os tipos de gosto. E é a maneira eficaz de informar, engajar e conectar que faz do rádio um meio com grande potencial para comunicar produtos e serviços aos mais diferentes públicos.

E esse é outro ponto do levantamento Kantar Ibope que merece destaque. Nos primeiros seis meses deste ano, 5 mil e 200 anunciantes investiram em rádio para comunicar um total de 6 mil e 200 marcas. Desses, 2 mil e 700 são exclusivos, ou seja, anunciantes veiculam publicidade somente em rádio e em mais nenhum outro meio de comunicação.

A Kantar Ibope fez uma análise dos diferentes setores que anunciaram no rádio no primeiro semestre de 2020. Destaque, segundo levantamento, para Serviços ao Consumidor, Comércio e Financeiro/Securitário. Juntos, esses setores concentram 68%  dos investimentos, ou seja, mais de dois terços do total.

Publicidade
Relacionadas
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

26 OUT
Publicidade
Notícias

Blogs
Publicidade
Publicidade
11/10/2019
A Prefeitura de Jacareí anunciou a implantação de corredores de ônibus na cidade. Qual a sua opinião sobre o tema?
06/04/2019
Após 100 dias de trabalho, qual a sua avaliação sobre o governo de Jair Bolsonaro (PSL)?
  • 38.1%
  • 19.5%
  • 14.6%
  • 13.3%
  • 12.2%
  • 2.2%
Logos e Certificações: