Publicidade
Sexta-feira, 30 de Outubro de 2020 | você está em »principal»Notícias»Geral
Publicado em 09/10/2020 às 14h11
Destinos religiosos da região devem ter pouco movimento no feriado
A Redação / Assessoria de Imprensa
Arquivo/CCR NovaDutra
Arquivo/CCR NovaDutra
Romeiros caminham pelo acostamento da Via Dutra na direção do Santuário de Aparecida

Os principais destinos religiosos católicos da região do Vale do Paraíba devem ter pouco movimento no feriado prolongado de 12 de outubro, o Dia de Nossa Senhora Aparecida. É o que revela o acompanhamento feito pelo Centro de Inteligência e Economia do Turismo (CIET), da Secretaria de Turismo do Estado, que desde o final de setembro está monitorando as cidades de Aparecida, Guaratinguetá e Cachoeira Paulista, no Vale do Paraíba, além de Tambaú e Santo Expedito no interior do estado.

Todos os destinos adotaram medidas restritivas ou cancelaram as atividades religiosas como missas e celebrações. Com a pandemia da Covid-19, as pessoas que viajariam movidas pela fé estão optando pelas orações em suas próprias casas.

NO VALE
Principal destino de romarias no Estado, Aparecida recebe 12 milhões de pessoas por ano. No final de semana prolongado os hotéis da cidade estão com a ocupação variando entre 20% e 25%. O Santuário, principal ponto de visitação, permitirá apenas mil pessoas por dia, em horários escalonados; até dia 12 não haverá missas e a novena tradicional das 19hs será apenas para funcionários e poucos convidados, respeitado o isolamento e o distanciamento. Os ônibus de excursão estão proibidos e os tradicionais peregrinos são esperados em pequeno número. 

O pouco movimento de Aparecida influencia as vizinhas Guaratinguetá e Cachoeira Paulista. Na primeira, a principal atração, o Santuário do Frei Galvão, tem recebido aos finais de semana menos de 20% dos visitantes regulares.

Já em Cachoeira, que em situação normal recebe perto de 30 mil pessoas no feriado do dia 12, o Santuário está funcionando com apenas 40% de sua capacidade, o que significa 350 pessoas por missa. Os hotéis não podem ultrapassar o limite de 40% da ocupação e os eventos do Canção Nova, que recebem 1,2 milhão de pessoas por ano, não acontecerão este ano. 

Publicidade
Relacionadas
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

30 OUT
Publicidade
Notícias

Blogs
Publicidade
Publicidade
11/10/2019
A Prefeitura de Jacareí anunciou a implantação de corredores de ônibus na cidade. Qual a sua opinião sobre o tema?
06/04/2019
Após 100 dias de trabalho, qual a sua avaliação sobre o governo de Jair Bolsonaro (PSL)?
  • 38.1%
  • 19.5%
  • 14.6%
  • 13.3%
  • 12.2%
  • 2.2%
Logos e Certificações: