Publicidade
Quinta-feira, 14 de Novembro de 2019 | você está em »principal»Notícias»Cidade
Publicado em 06/11/2019 às 11h45
Coletivo Labirinto é atração de espetáculos na Sala Mário Lago
A Redação / Diário de Jacareí
Roberto Setton
Roberto Setton
Cena do espetáculo 'Argumento Contra a Existência de Vida Inteligente no Cone Sul', em cartaz na Sala Mário Lago

O Coletivo Labirinto, núcleo teatral de São Paulo, faz duas apresentações gratuitas na Sala Mário Lago, região central de Jacareí. 

O espetáculo 'Argumento Contra a Existência de Vida Inteligente no Cone Sul', do dramaturgo uruguaio Santiago Sanguinetti, acontece no domingo (10), às 19h, e na segunda-feira (11), às 19h30. Essas apresentações fazem parte da programação do Edital de Circulação de Artes Cênicas da Prefeitura de Jacareí, através da Fundação Cultural de Jacarehy.

Jovem expoente da dramaturgia uruguaia atual, Sanguinetti propõe uma reflexão sobre o tenso cenário político na América Latina em 'Argumento Contra a Existência de Vida Inteligente no Cone Sul'. A montagem brasileira se deu com o grupo paulistano Coletivo Labirinto e conta com a direção de Marina Vieira. No elenco, Abel Xavier, Carol Vidotti, Emilene Gutierrez e Wallyson Mota.

O espetáculo apresenta de maneira tragicômica uma geração criada após a queda do Muro de Berlim e do fim da União Soviética, que é bombardeada cotidianamente pela publicidade e pelo imaginário capitalista, não conseguindo mais pensar em outras formas de relação ou existência que não sejam pela eliminação absoluta do outro e pela destruição.

Na trama, quatro amigos tentam organizar um atentado contra a Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP (FFLCH-USP). Os desencontros e a falta de sentido dessa e de tantas outras ações revelam a idiotização de nossos tempos e a necessidade de buscarmos e discutirmos algum imaginário possível sobre os ideais de revolução que permearam a América Latina nos anos de 1960 e 1970. 

O texto uruguaio foi adaptado pelo grupo para o contexto brasileiro em conjunto com o dramaturgo Santiago Sanguinetti. Recentemente, o dramaturgo uruguaio tem gerado grande discussão no teatro montevideano e seus textos também ganharam encenações em Buenos Aires, Paris, Berlim, Chile e São Paulo.

SOBRE O COLETIVO LABIRINTO
Desde 2013, o Coletivo Labirinto investiga as relações do indivíduo com o seu panorama social por meio da dramaturgia latino-americana contemporânea. Seu primeiro espetáculo foi 'Sem Título', com dramaturgia do portenho Ariel Farace, que estreou no Sesc Consolação em 2014. A peça discutia a constatação de uma sociedade apática, solitária, enclausurada em seus pequenos apartamentos e soterrada pelas demandas do modo de vida dos grandes centros urbanos.

SERVIÇO
Mais informações: labirinto.contato@gmail.com ou através dos telefones (11)98101-5373/ (11) 97198-5652. 

Publicidade
Relacionadas
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

14 NOV
Publicidade
Notícias

Blogs
11/10/2019
A Prefeitura de Jacareí anunciou a implantação de corredores de ônibus na cidade. Qual a sua opinião sobre o tema?
06/04/2019
Após 100 dias de trabalho, qual a sua avaliação sobre o governo de Jair Bolsonaro (PSL)?
  • 38.1%
  • 19.5%
  • 14.6%
  • 13.3%
  • 12.2%
  • 2.2%
Publicidade
Publicidade
Logos e Certificações: