Terça-feira, 20 de Outubro de 2020 | você está em »principal»Notícias»Geral
Publicado em 28/09/2020 às 13h47
Cancelamento de demissões na Embraer será discutido pelo TRT nesta terça (29)
A Redação / Assessoria de Imprensa
Divulgação/Sindmetalsjc
Divulgação/Sindmetalsjc
Na última audiência, ocorrida dia 22, o advogado da Embraer sinalizou que a empresa não iria aceitar a proposta apresentada pela vice-presidente judicial do TRT-15

As demissões feitas pela Embraer serão discutidas em nova audiência virtual pelo Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, nesta terça-feira (29), às 16h30. A empresa terá de responder se aceita cancelar as demissões e abrir novo layoff, conforme proposta apresentada na última audiência pelo TRT. Se não houver acordo, o caso vai para julgamento.

A possibilidade de cancelamento dos cortes, com abertura de layoff, é em resposta à ação judicial movida pelos sindicatos dos metalúrgicos de São José dos Campos e de Araraquara (fábrica de Gavião Peixoto).

Na última audiência, ocorrida dia 22, o advogado da Embraer sinalizou que a empresa não iria aceitar a proposta apresentada pela desembargadora vice-presidente judicial do TRT-15, Tereza Asta Gemignani. Para os representantes dos sindicatos, a proposta do TRT é positiva e um importante avanço.

ASSEMBLEIA
O Sindicato vai organizar uma assembleia, na quarta-feira (30), às 10h, em frente à portaria da Embraer, na Av. Faria Lima, para apresentação do resultado da audiência.

Publicidade
Relacionadas
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

20 OUT
Publicidade
Notícias

Blogs
Publicidade
Publicidade
11/10/2019
A Prefeitura de Jacareí anunciou a implantação de corredores de ônibus na cidade. Qual a sua opinião sobre o tema?
06/04/2019
Após 100 dias de trabalho, qual a sua avaliação sobre o governo de Jair Bolsonaro (PSL)?
  • 38.1%
  • 19.5%
  • 14.6%
  • 13.3%
  • 12.2%
  • 2.2%
Logos e Certificações: