Publicidade
Sábado, 19 de Outubro de 2019 | você está em »principal»Notícias»Cidade
Publicado em 11/09/2019 às 13h31
Após dois dias de greve, trabalhadores da Ambiental retomam coleta em Jacareí
A Redação / Diário de Jacareí
Divulgação/CMJ
Divulgação/CMJ
Funcionários da Ambiental e representantes do Sindicato dos Condutores, que representa a categoria, estiveram na Câmara Municipal

Os trabalhadores da empresa Ambiental, concessionária dos serviços de limpeza pública em Jacareí decidiram voltar ao trabalho. A decisão foi tomada na manhã desta quarta-feira (11), e confirmada oficialmente ao Diário de Jacareí por Aguinaldo Alberto da Silva Souza, o Tico, coordenador da subsede do Sindicato dos Condutores do Vale do Paraíba, entidade que representa a categoria.

Após uma reunião com todos os treze vereadores, durante a sessão de Câmara, nesta quarta-feira (11), a categoria promoveu uma assembleia, em frente à Casa, para decisão sobre o fim da paralisação. Por unanimidade, ela concordou que o turno da noite de hoje (18h) deverá voltar normalmente à coleta, assim com os dias posteriores.

Por sua vez, a Câmara Municipal decidiu por unanimidade instaurar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar as irregularidades expostas pelos coletores. Segundo eles, são frequentes atraso de salários, falta de direitos como pagamento do FGTS, INSS, férias, banheiro químico, farmácia, alimentação e péssimas condições dos caminhões, além de carros com mais de uma década sem pagamento do Licenciamento Veicular.

A CPI será composta pelo vereador Luís Flávio Dias, do PT (presidente), Aderbal Sodré (relator/PSDB) e Juarez Araújo (membro/PSD).

MOVIMENTO
Os cerca de 415 trabalhadores paralisaram suas atividades na manhã de terça-feira (10) em protesto pelo não pagamento dos salários de agosto, que deveria ter sido efetuado na sexta-feira (6). Eles reclamam que o fato se tornou rotina nos últimos meses. O serviço de coleta de lixo, varrição das vias e de capina e roçada ficaram suspensos durante o período da paralisação. 

A categoria pediu o apoio dos vereadores e o compromisso do prefeito Izaias Santana (PSDB) de que não mais permitirá que a concessionária continue atrasando o pagamento dos salários e de benefícios. 

OUTRO LADO
Em nota, a Prefeitura de Jacareí esclareceu que desde o início da greve entrou em contato com a concessionária Ambiental para averiguar o motivo do atraso dos repasses ou dos benefícios aos funcionários, “já que a Prefeitura está em dia com os pagamentos da empresa”, reforçou em comunicado. 

A concessionária recebe cerca de R$ 4,8 milhões por mês para realizar os serviços de coleta de lixo, varrição e capina e roçada. 

O Diário de Jacareí não conseguiu contato com representantes da Ambiental para comentar a paralisação. 

Publicidade
Relacionadas
Comentários (2)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

Adriano Noronha   1 mês atrás
Estamos sem administração e com um caus em nossa cidade, sem Saúde, Esporte,Lazer, Mobilidade sem nada em Jacareí, vamos lutar pra impedir o afundamento total da cidade, mobilizar contra o empréstimo milionário que ira destruir a cidade de vez, basta chega Jacareí livre do PSDB já
Adriano Noronha   1 mês atrás
E Jacareí não se deixe enganar tudo isso por culpa desta administração irresponsável e sem saber o que fazer, trabalhadores públicos e terceiros se não tirarmos esses PSDB da administração junto com Izaías e os vereadores que os apoiam Jacareí continuará nessa piora afundando a cada dia mais e mais
19 OUT
Publicidade
Notícias

Blogs
11/10/2019
A Prefeitura de Jacareí anunciou a implantação de corredores de ônibus na cidade. Qual a sua opinião sobre o tema?
06/04/2019
Após 100 dias de trabalho, qual a sua avaliação sobre o governo de Jair Bolsonaro (PSL)?
  • 38.1%
  • 19.5%
  • 14.6%
  • 13.3%
  • 12.2%
  • 2.2%
Publicidade
Publicidade
Logos e Certificações: