Publicidade
Sábado, 24 de Julho de 2021 | você está em »principal»Blogs»O Quinto Poder
Publicado em 21/05/2021 às 13h50
Vinho em Jacareí


JOSÉ LUIZ BEDNARSKI

O consumo de vinho no Brasil ainda tem muito potencial para avanço. Enquanto os portugueses consomem 50 garrafas anualmente, os brasileiros bebem, em média, apenas três.

Enquanto a produção e a demanda aumentam, o mercado brasileiro também ganha qualidade. O espumante gaúcho tem fama internacional e, agora, quem sobe os degraus é o Merlot verde-amarelo.

Como epicentro geográfico, liderança das tendências culturais e termômetro da economia, Jacareí não poderia ficar atrás. Aqui nasceu a primeira vinícola artesanal de alto padrão do Vale do Paraíba.

A BMWine não é, na verdade, uma indústria; é a materialização do sonho de consumo próprio de Benedito, Maurício e Walker, seus apaixonados e visionários fundadores.

Os rótulos remetem os apreciadores a fatos históricos e locais de Jacareí. A empresa orgulha-se de ser da terra, divulga o nome da cidade e pretende vincular a marca ao turismo afonsino.

A produção é totalmente artesanal, sem conservantes e desprovida do uso de artefatos mecânicos que agridam o processo natural de decantação da bebida. O vinho é respeitado como um organismo vivo.

Após o domínio das receitas, os sócios que compõem a sigla da marca passaram a investir no aprimoramento das embalagens e fazem questão de usar a tradição da rolha de cortiça.

Em seguida, buscaram um espaço próprio para pequenos eventos com muito requinte e privacidade. É um ambiente bucólico, em meio ao verde e que confere tranquilidade para degustações e jantares harmonizados.

Contudo, os empreendedores são repletos de iniciativa, nunca estão satisfeitos e sempre buscam crescer. A sede da vinícola foi, então, transformada em cave.

A construção nem precisou ser ampliada, simplesmente ganhou uma reforma para agregar os toneis, tanques, equipamentos e uma adega sensacional, montada nos moldes apropriados da escuridão e umidade.

Quem ainda não conhece deve, tão logo passada a pandemia, procurar entrar em contato e marcar visita à Cave BMWine. Enquanto isso, vale a pena seguir a vinícola pelas redes sociais.

O interessado em comprar alguns vinhos perceberá que o produto artesanal não causa ressaca (ou gera menos) e a regra BMWine é derrubar tabus e não impor regras à clientela.

Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

24 JUL
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Notícias
facebook
Artigos
Perfil do Blog
O Quinto Poder

Coluna assinada pelo Promotor de Justiça da Cidadania, José Luiz Bednarski. Uma abordagem apartidária, com discussão aberta dos assuntos de interesse geral; o amadurecimento paulatino da cidadania, a força da população em diálogo com órgãos independentes representativos, como MP, Defensoria Pública e outras instituições criadas ou fortalecidas a partir daConstituição de 1988.


E-mail do autor: joseluizbednarski@gmail.com
Arquivo
Publicidade
Logos e Certificações: