Publicidade
Domingo, 17 de Novembro de 2019 | você está em »principal»Blogs»Coisas de Cinema
Publicado em 20/09/2019 às 15h51
Um quase desmaio


RODRIGO ROMERO

Já escrevi neste espaço sobre a cineasta Petra Costa. Em 2012, ficou conhecida ao abordar a morte de sua irmã, Elena, no documentário homônimo, delicado e emocionante.

Três anos depois, com 'O Olmo e a Gaivota', seguiu os passos talentosos com mais um documentário: desta vez, a atriz grávida se vê às voltas com ensaios da peça de Chekhov e tem de lidar com os desafios da mente - outro tema bastante 'suave'.

O seu mais recente trabalho, 'Democracia em Vertigem', lançado há alguns meses e disponível na Netflix, deixa de lado estes temas capciosos e mergulha em outro tão ou mais complexo: o processo de impeachment de Dilma Rousseff, ocorrido entre dezembro de 2015 e setembro de 2016.

A fita tem como trunfos imagens captadas pela equipe de Lula durante a fase pré-prisão, por exemplo. E também cenas de Dilma atabalhoada com as semanas pré-impeachment, assistindo à votação do dia 17 de abril de 2016, quando a Câmara aprovou o processo. 

Petra se preocupa mais em mostrar na primeira parte o lado derrotado e vitimiza os 2 ex-presidentes em esquema que estamos cansados de ver. A cineasta é neta de um homem milionário e filha de pais que eram adolescentes nas décadas de 1960 e 70.

Ao não se cansar de expor essa genealogia, com a proposta de nos fazer engolir a história de 'não tenho culpa de ser de família abastada, me perdoem, então quero explorar o outro lado', a diretora e roteirista quer passar ao espectador que, por enquanto, está do 'lado certo'.

Na segunda metade de 'Democracia em Vertigem' são expostos os erros da esquerda, a polarização, a arrogância dos 2 lados, e o caminho todo desenhado para a chegada de Bolsonaro.

No bojo, como diria o ex-ministro Rogério Magri, o filme de Petra se assemelha demais a 'Entreatos' (2004), belíssimo trabalho de João Moreira Salles sobre toda a campanha de Lula em 2002, sem amarras e sem censuras.

Mas 'Democracia em Vertigem' deveria se chamar, na verdade, 'Um Quase Desmaio'. Teria mais nexo, porque não passou disso - um mal estar. Duração: 121 minutos. Cotação: ruim.

Publicidade
Comentários (1)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

Daniel Rosa   2 mêses atrás
Para aiguns e uma pedra nas costa ou seria no meio do caminho
17 NOV
Publicidade
Notícias

Artigos
Perfil do Blog
Coisas de Cinema

Rodrigo Romero é jornalista desde 2001. Passou por Diário de Jacareí, Diário de Mogi e assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Jacareí. Em 2008 foi para a TV Câmara Jacareí, onde até hoje atua como apresentador e repórter. Escreve há quase dez anos, semanalmente, a coluna 'Coisas de Cinema' no Diário de Jacareí.


E-mail do autor: rodrigoromeropl@ig.com.br
Arquivo
11/10/2019
A Prefeitura de Jacareí anunciou a implantação de corredores de ônibus na cidade. Qual a sua opinião sobre o tema?
06/04/2019
Após 100 dias de trabalho, qual a sua avaliação sobre o governo de Jair Bolsonaro (PSL)?
  • 38.1%
  • 19.5%
  • 14.6%
  • 13.3%
  • 12.2%
  • 2.2%
Publicidade
Publicidade
Logos e Certificações: