Quinta-feira, 03 de Dezembro de 2020 | você está em »principal»Blogs»Plenário
Publicado em 09/10/2020 às 14h45
Sem concorrência: 117 municípios terão candidato único a prefeito


ANGELO DE PAULA ANANIAS

ADIADO
Por 11 votos favoráveis e um contrário, o debate sobre o projeto de lei que obriga a retirada de fios desligados dos postes foi adiado por seis sessões, em Jacareí. O pedido de adiamento partiu do vereador Juarez Araújo (PSD), que alegou a necessidade de analisar, com 'maior profundidade', o alcance da proposta de Lucimar Ponciano (MDB). O projeto foi discutido, inicialmente, na sessão de quarta-feira (7).

COMO FUNCIONA
Lucimar quer disciplinar o uso e exploração dos postes instalados no município, estabelecendo que as empresas são responsáveis por identificar a retirar a fiação quando não for mais utilizada, de modo a evitar a formação de emaranhados. A multa prevista para quem não respeitar a lei será de 50 VRM - Valor de Referência do Município (cerca de R$ 3,5 mil). A previsão é que o projeto seja novamente discutido após as eleições, em 18 de novembro.

SEM CONCORRENTE
No Brasil, 117 cidades já sabem quem vai ocupar o cargo de prefeito a partir de 1º de janeiro de 2021. É que nessas localidades apenas um candidato vai concorrer. Segundo levantamento feito pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), com base em informações divulgadas pelo TSE, a concentração da candidatura única está nos municípios do Rio Grande do Sul, onde 34 das 497 cidades têm apenas um nome concorrendo ao cargo. 

WHATSAPP
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou um formulário online para receber denúncias de disparos de mensagens em massa por meio do WhatsApp, durante as eleições. Pela primeira vez, nas eleições deste ano, o disparo de mensagens em massa foi expressamente proibido pela Justiça Eleitoral na norma sobre propaganda eleitoral. Os termos de uso do WhatsApp também não permitem a prática. 

DENÚNCIAS
As mensagens do tipo em geral são impessoais e costumam trazer conteúdos alarmistas e acusatórios. A Justiça Eleitoral incentiva que o eleitor faça a denúncia se receber mensagens suspeitas provenientes, por exemplo, de contatos desconhecidos ou de vários grupos ao mesmo tempo. O próprio WhatsApp se comprometeu, junto ao TSE, a investigar as denúncias e inativar contas suspeitas, encaminhando as informações pertinentes às autoridades. Segundo a plataforma, trata-se de "iniciativa inédita no mundo".

HIGIENE
O plenário do TSE aprovou a inclusão nas normas eleitorais das medidas previstas no Plano de Segurança Sanitária para as eleições municipais. Com a formalidade, passam a ser obrigatórias as medidas de prevenção ao contágio pelo novo coronavírus durante a votação, conforme previstas no plano de segurança, que já havia sido anunciado no início de setembro.

MEDIDAS
Entre outras medidas, os eleitores só poderão entrar nos locais de votação se estiverem usando máscaras faciais e deverão higienizar as mãos com álcool em gel antes e depois de votar. Também foi oficializado a ampliação do horário de votação, das 7h às 17h, conforme já anunciado anteriormente. Foi regulamentada também a justificação de ausência às urnas por meio do aplicativo e-título.

Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

03 DEZ
Publicidade
Notícias
facebook
Artigos
Perfil do Blog
Plenário

Radialista e Jornalista há 41 anos, Angelo Ananias já participou da cobertura de quatro Copas do Mundo de Futebol (México, Itália, Alemanha e Brasil) e diversos eventos internacionais pelas principais emissoras de rádio de SP. Foi secretário municipal de Comunicação e Esportes e, atualmente, é Diretor Geral e de Redação do Diário de Jacareí


E-mail do autor: angeloananias@diariodejacarei.com.br
Arquivo
Publicidade
Publicidade
Logos e Certificações: