Terça-feira, 10 de Dezembro de 2019 | você está em »principal»Blogs»O Quinto Poder
Publicado em 16/08/2019 às 14h07
O Final do Testamento


JOSÉ LUIZ BEDNARSKI

Na semana passada, esta coluna começou a tratar do lançamento do livro Testamento, do professor Waldir Capucci, ocorrido na gélida noite de dois de agosto passado, uma sexta-feira, no auditório da Secretaria Municipal de Educação.

Como adrede mencionado, após os breves discursos das autoridades que compuseram a mesa de honra, houve um intervalo, com números musicais executados por dois componentes do afamado grupo Colcha de Retalhos.

Em dueto de voz e violão, o simpático casal executou três clássicos da Música Popular Brasileira, com destaque para Carolina, composição de Chico Buarque, escolhida como canção de abertura dos trabalhos artísticos da soirée.

Ao encerramento dos derradeiros acordes, chegou o mais esperado momento: fez uso da palavra o autor da obra contemplada pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura (LIC), o mestre Waldir Capucci, cujo discurso emocionou a audiência.

Agradeceu a indústria fomentadora, parabenizou a gestão da Fundação Cultural José Maria de Abreu e da Secretaria Municipal de Educação, bem como apresentou os valorosos membros da equipe responsáveis pela confecção do projeto do livro, chamando cada um deles ao palco.

Na sequência, após apertadíssimo parêntese sobre a importância da família, destacou o crescimento literário vivenciado em Jacareí, polo colonizador cultural das cidades valeparaibanas do entorno. De fato, cada vez mais rapidamente, preenche-se de opúsculos e cartapácios a estante afonsina.

Outros marcos do desenvolvimento literário local foram a Geladeira do Saber e a Incrível Máquina de Livros, projetos que agitaram o município recentemente. Porém, Capucci extrapola os livros, é ativista social de relevo, baluarte da equipe Vô na Vó.

Agradeceu a significativa presença de professores e escritores, e encerrou sua fala com tocante homenagem a valetudinário há pouco falecido, que conhecera em suas visitas a asilo na região central.

Retornado o microfone ao cerimonialista Veloso, decretou-se a dissolução da mesa, passando-se os trabalhos para o saguão contíguo, onde o catedrático Capucci autografou exemplares graciosamente cedidos aos comparecentes e distribuiu às nobres damas rubríssimas rosas colombianas, de robusto botão.

Houve efetivo controle, evitando desperdício: um livro 'per capita', mediante prévia assinatura da lista de presença e conferência do cupom. Belo exemplo!

Publicidade
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

10 DEZ
Publicidade
Notícias

Artigos
Perfil do Blog
O Quinto Poder

Coluna assinada pelo Promotor de Justiça da Cidadania, José Luiz Bednarski. Uma abordagem apartidária, com discussão aberta dos assuntos de interesse geral; o amadurecimento paulatino da cidadania, a força da população em diálogo com órgãos independentes representativos, como MP, Defensoria Pública e outras instituições criadas ou fortalecidas a partir daConstituição de 1988.


E-mail do autor: joseluizbednarski@gmail.com
Arquivo
11/10/2019
A Prefeitura de Jacareí anunciou a implantação de corredores de ônibus na cidade. Qual a sua opinião sobre o tema?
06/04/2019
Após 100 dias de trabalho, qual a sua avaliação sobre o governo de Jair Bolsonaro (PSL)?
  • 38.1%
  • 19.5%
  • 14.6%
  • 13.3%
  • 12.2%
  • 2.2%
Publicidade
Publicidade
Logos e Certificações: