Publicidade
Quinta-feira, 21 de Novembro de 2019 | você está em »principal»Blogs»Plenário
Publicado em 09/05/2014 às 11h17
Jacareí pedirá empréstimo ao Governo de SP para aquisição de máquinas e equipamentos


ANGELO DE PAULA ANANIAS

DATA POPULAR
O Diretório Estadual do PSDB em São Paulo ingressou, na última quarta-feira (7), com uma notificação junto ao Tribunal Regional Eleitoral pedindo providências com relação à pesquisa do Instituto Data Popular, que avaliou a percepção dos paulistas sobre a escassez de água em São Paulo. No entendimento do PSDB paulista, a pesquisa tem claro 'cunho eleitoral' e deveria ter obedecido aos critérios da legislação em vigor que torna obrigatório o registro da pesquisa e apresentação de informações à Justiça Eleitoral, tais como o questionário e amostra utilizados e quem pagou o levantamento.

ELEIÇÃO
Na notificação, o PSDB afirma que, apesar dos dados divulgados não tratarem de intenção de votos dos entrevistados, a pesquisa pode exercer nítida influência, uma vez que se refere à avaliação de serviços patrocinados pelo Governo do Estado e cuja divulgação de resultados pode interferir no âmbito eleitoral. No mandato, o PSDB-SP solicita à Justiça que o Instituto Data Popular apresente todas as informações pertinentes à pesquisa, tais como o nome do contratante, valor e origem dos recursos despendidos e questionário completo utilizado, e que dê acesso ao sistema interno de controle, verificação e fiscalização da coleta de dados para que as informações divulgadas possam ser conferidas. Para o Diretório, chama a atenção o fato de que o Instituto atuava, até então, para diversos governos petistas, especialmente em levantamento de dados relativos à nova Classe C.o

É FELIZ E NÃO SABE
Ao mesmo tempo em que a Academia Vale Paraibana de Letras e Artes ainda protesta por ter sido despejada pela Prefeitura de Taubaté de sua sede, há exatamente um ano, de uma sala que ocupava no centro cultural, desde 2001, a Academia Jacarehyense de Letras consolida-se em seu novo espaço físico na Praça Raul Chaves, onde divide espaço com a Casa da Lavoura, na região central da cidade. É o segundo local cedido pelo governo municipal (antes estava sediada junto à Biblioteca no Parque dos Eucaliptos), agora mais centralizado, maior e mais à caráter que o primeiro. O grupo de 'imortais' de Jacareí é feliz e não sabe.

LIÇÃO NÃO APRENDIDA
Multidão é terror para políticos no poder, diz provérbio eleitoral. Prova disto é a tradicional festa de 1º de maio do bairro Novo Horizonte, em São José dos Campos. Certos envolvimentos irregulares em 2004, já renderam punições a nomes de peso, como o ex-prefeito e hoje deputado federal Emanuel Fernandes (PSDB), o ex-vereador Alexandre da Farmácia (PP) e seu então colega de Câmara Municipal, Cristóvão Gonçalves (PMDB). Todos em julgamento de recursos. Os vereadores atuais são acusados de intermediar a arrecadação de 'pedágios' dos barraqueiros. Mudou o governo, mudaram os vereadores e a cobrança, supostamente continua. Agora, dizem, por parte dos proprietários de imóveis que alugam as calçadas (espaços públicos), o que é proibido. A prefeitura faz vistas grossas.

MARINA SILVA
A cinco meses da eleição, a ex-senadora Marina Silva afirma que o PSDB de Aécio Neves já entrou na disputa com o "cheiro da derrota" no segundo turno. Ela diz que seu companheiro de chapa, Eduardo Campos (PSB), é o único capaz de impedir a reeleição de Dilma Rousseff (PT). A declaração de Marina à Folha de S. Paulo deverá incendiar a competição entre Aécio e Campos, haja vista que apenas um deles poderá avançar para um eventual segundo turno.
A declarações devem ajudar a sepultar o clima de trégua entre os dois candidatos, que vinham atuando em parceria para desgastar a petista. Incomodada com as comparações entre Campos e Aécio, Marina afirmou que o aliado defende ideias mais progressistas que o tucano. Também atacou Dilma, a quem acusou de usar a propaganda oficial para esconder os problemas do governo.

PALANQUES ESTADUAIS
A ex-senadora disse que PSB e Rede terão autonomia para apoiar candidatos diferentes nos Estados em que não houver acordo. Afirmou que não subirá ao palanque dos tucanos Pimenta da Veiga, em Minas, e Beto Richa, no Paraná. Os dois cortejam Campos em busca do apoio formal do PSB. Em São Paulo, Marina disse que o apoio ao tucano Geraldo Alckmin está descartado. Questionada se pedirá votos para Márcio França, caso ele venha a ser o candidato, foi evasiva: "Não vamos vetar nenhuma candidatura do PSB. Mas a Rede não é o PSB".

FINANÇAS
Os vereadores de Jacareí aprovaram pedido do executivo que autoriza o Município a contratar operações de crédito junto à Desenvolve SP (Agência de Fomento do Estado de São Paulo). O projeto autoriza operações até o valor de 13 milhões de reais, destinados à aquisição de máquinas e equipamentos no âmbito do Programa Via SP, que atende administrações públicas municipais com linhas de crédito específicas para investimentos em obras de pavimentação e recapeamento em vias urbanas e vicinais. Os recursos permitirão a aquisição de 36 caminhões de diferentes modelos e de 12 máquinas como retroescavadeira, escavadeira, motoniveladora, dentre outras, que serão utilizados na execução de serviços do Programa Patrulha do Asfalto, da Secretária Municipal de Infraestrutura.

 

 

Publicidade
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

21 NOV
Publicidade
Notícias

Artigos
Perfil do Blog
Plenário

Radialista e Jornalista há 41 anos, Angelo Ananias já participou da cobertura de quatro Copas do Mundo de Futebol (México, Itália, Alemanha e Brasil) e diversos eventos internacionais pelas principais emissoras de rádio de SP. Foi secretário municipal de Comunicação e Esportes e, atualmente, é Diretor Geral e de Redação do Diário de Jacareí


E-mail do autor: angeloananias@diariodejacarei.com.br
Arquivo
11/10/2019
A Prefeitura de Jacareí anunciou a implantação de corredores de ônibus na cidade. Qual a sua opinião sobre o tema?
06/04/2019
Após 100 dias de trabalho, qual a sua avaliação sobre o governo de Jair Bolsonaro (PSL)?
  • 38.1%
  • 19.5%
  • 14.6%
  • 13.3%
  • 12.2%
  • 2.2%
Publicidade
Publicidade
Logos e Certificações: