Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2019 | você está em »principal»Blogs»O Quinto Poder
Publicado em 21/12/2018 às 16h22
Futebol generoso para torcida somítica


JOSÉ LUIZ BEDNARSKI

Na manhã do sábado passado (15), apresentou-se em Jacareí o time de veteranos do São Paulo Futebol Clube. O evento, ocorrido no Clube Trianon, pertenceu às festividades de aniversário da grei recreativa afonsina.

A equipe visitante trouxe grandes estrelas do glorioso passado tricolor: Macedo (pivô do pênalti que abriu caminho à conquista da primeira Libertadores são-paulina), o tremebundo Ronaldão, Zé Carlos imitador de galo, o simpático Aloísio Chulapa (Rei do Danone), o jacareiense Lino (orgulho nativo) e Pita (maestro dos Menudos do Morumbi).

A vítima da vez, ou seja, o adversário dos craques inesquecíveis, foi a seleção de veteranos do clube local, que envergou seu manto esportivo pintalgado das tradicionais cores azul e branco de seu pavilhão e foi dirigida pelo técnico Cacá.

As personalidades do espetáculo trocaram-se no salão de carnaval, improvisado como vestiário. Só para aumento da expectativa, o jogo começou bem atrasado. A caminhada dos protagonistas até a estreita cancha relvada foi acompanhada por numeroso préstito de fãs em busca de autógrafos e 'selfies' com seus ídolos.

O sol estava inclemente. O São Paulo foi soberano e envolveu com categoria, toque de bola e excelente forma física o time da casa. Não demorou muito para o ferrolho montado pelo estrategista Cacá ceder e os quatro golos sucederem-se a eito.

É fato inconteste que o tricolor paulista anda mal das pernas, e as personalidades pretéritas deixaram rútila impressão aos jacareienses de que remeteriam ao banco muitos titulares absolutos do elenco atual.

O público carrança foi brindado com lances de puro talento. Presentão antecipado por Papai Noel aos citadinos, que só travam contato com o futebol profissional em metrópoles vizinhas mais adiantadas ou pelas lápides do cemitério.

A porfia teve móvel munificente. O convite transmitido pelas redes sociais e aplicativos de mensagens condicionava cada ingresso à doação de um quilo de alimento, reversível a entidades beneficentes. 

Entretanto, enquanto Aloísio Chulapa viajou de Alagoas até aqui para ajudar os necessitados, pouquíssimos presentes se sensibilizaram a deixar a vitualha solicitada. Uma omissão discrepante da índole generosa e humanitária do povo jacareiense, sobretudo às vésperas do Natal.

Publicidade
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

24 JAN
Publicidade
Notícias

Artigos
Perfil do Blog
O Quinto Poder

Coluna assinada pelo Promotor de Justiça da Cidadania, José Luiz Bednarski. Uma abordagem apartidária, com discussão aberta dos assuntos de interesse geral; o amadurecimento paulatino da cidadania, a força da população em diálogo com órgãos independentes representativos, como MP, Defensoria Pública e outras instituições criadas ou fortalecidas a partir daConstituição de 1988.


E-mail do autor: joseluizbednarski@gmail.com
Arquivo
08/10/2018
Qual a sua opinião sobre a mudança do Poupatempo para a região central de Jacareí
30/08/2018
Você pretende votar em um candidato de Jacareí­ a deputado nessas eleições?
  • 48.2%
  • 42.1%
  • 9.7%
Publicidade
Publicidade
Logos e Certificações: