Quinta-feira, 23 de Janeiro de 2020 | você está em »principal»Blogs»O Quinto Poder
Publicado em 06/12/2019 às 14h55
Amigos Negros do Imperador


JOSÉ LUIZ BEDNARSKI

A História é escrita pelos vencedores, diz a célebre citação de George Orwell, sempre lembrada pelo Professor Thomé Madeira, no Clube da Leitura, que se reúne quinzenalmente às segundas na Catioca.

Com isso, o domínio governamental republicano do currículo escolar soterrou fatos e aspectos relevantes da História do Brasil e, de quebra, ainda espalhou algumas inverdades e distorções.

A semana que ora se finaliza encerrou duas datas chocantemente bipolares - Dom Pedro II nasceu em dois de dezembro de 1825 e faleceu aos cinco do mesmo trintídio, 66 anos depois.

O Rei Sábio, tratado por Victor Hugo com a antonomásia 'Descendente de Marco Aurélio' (o mais sábio dos imperadores romanos), muitos estudantes desconhecem, era um homem infenso a preconceitos raciais.

Órfão político aos cinco anos de idade, teve como anjo protetor o Negro Rafael, herói da Guerra da Cisplatina. Levava seu amigo inseparável para todos os destinos distantes a que viajou.

Notória também sua amizade com Dom Obá II D'África (militar brasileiro filho de alforriados), que anualmente era recebido no Paço Imperial com honras de Chefe de Estado, por direito herdado de seu avô, monarca do Império de Oyo.

Dom Obá, que fora condecorado como herói por se alistar voluntariamente e lutar com bravura na Guerra do Paraguai, após o fatídico XV de Novembro foi perseguido pelos republicanos, que cassaram seu posto de alferes. Morreu pouco depois, em julho de 1890.

Triste fim para aquele que, entre os negros e mulatos do RJ, era reverenciado especialmente por sua representatividade, como neto do obá Abiodun e por combater veementemente a discriminação e a escravidão.

Gravemente acamado no exterior, quando soube que a Lei Áurea finalmente fora aprovada pelo parlamento brasileiro, o velho Imperador, que até havia recebido a extrema unção, chorou copiosamente e conseguiu balbuciar 'grande povo, grande povo'.

André Rebouças, brilhante engenheiro, negro, herói abolicionista e amigo que acompanhou Pedro II ao exílio, ponderou: 'é preciso dar simultaneamente ao povo brasileiro instrução e trabalho. Dar instrução para que eles conheçam perfeitamente toda a extensão dos seus direitos, dar-lhes trabalho para que possam realmente ser livres e independentes'.

Publicidade
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

23 JAN
Publicidade
Notícias

Artigos
Perfil do Blog
O Quinto Poder

Coluna assinada pelo Promotor de Justiça da Cidadania, José Luiz Bednarski. Uma abordagem apartidária, com discussão aberta dos assuntos de interesse geral; o amadurecimento paulatino da cidadania, a força da população em diálogo com órgãos independentes representativos, como MP, Defensoria Pública e outras instituições criadas ou fortalecidas a partir daConstituição de 1988.


E-mail do autor: joseluizbednarski@gmail.com
Arquivo
11/10/2019
A Prefeitura de Jacareí anunciou a implantação de corredores de ônibus na cidade. Qual a sua opinião sobre o tema?
06/04/2019
Após 100 dias de trabalho, qual a sua avaliação sobre o governo de Jair Bolsonaro (PSL)?
  • 38.1%
  • 19.5%
  • 14.6%
  • 13.3%
  • 12.2%
  • 2.2%
Publicidade
Publicidade
Logos e Certificações: