Publicidade
Sábado, 24 de Julho de 2021 | você está em »principal»Blogs»Coisas de Cinema
Publicado em 28/05/2021 às 14h42
A Queda Argentina


RODRIGO ROMERO

O Brasil Paralelo (BP) lançou mais uma estupenda produção: trilogia 'A Queda Argentina' - as eternas crises econômica e social. Dividida em 'Ressaca', 'Festa' e 'Conta', percorre a trajetória que levou a nação de potência promissora da América Latina ao caos de dívidas, pobreza, greves, mortes. O roteiro centra-se em Juan Perón, presidente nas décadas de 1940-50 e 1973-74.

Os transtornos causados pelo líder, que se tornou mítico, arrastam o povo aos maus agouros até hoje, desembocados na insólita Cristina Kirchner, atual vice-presidente, comandante de 2007-15, das pessoas mais vigaristas e sanguinárias da história azul-e-branca. 'Ressaca': fuga de intelectuais, êxodo de jovens que buscam condições de trabalho, pobreza (atualmente metade da população!), inflações galopantes, os '12 dias de tensão' (5 presidentes diferentes entre dezembro-2001 e janeiro-2002). 'Festa': flerte com comunismo, ascensão e queda de Perón (populista, paquerou direita e esquerda - no fim, ditador sem escrúpulos, ladrão, que mirou em sua gente o canhão da insignificância, espalhou greves, censurou imprensa, calou opositores), sensação de riqueza (famoso 'Da-me dos' - 'Dá-me dois' -, argentinos vinham ao Brasil e compravam muito por conta da 'moeda forte'), protestos com mortes no século passado, bombardeio ao palácio presidencial em 1955. 'Conta': realidade portenha do século 21 - assassinato do promotor que acusou Cristina de corrupção, candidatos fantoches de 2015 (que perdeu para Macri) e 2019 (Alberto Fernandez, vencedor, aprovou pautas progressistas), Foro de SP, terrorismo iraniano, sabotagens a Macri pelos funcionários públicos (maioria peronista), renascimentos do movimento, como no filme de terror.

O BP destrói narrativas esquerdistas com pesquisas, análises, bom texto, imagens históricas. Joga luz no Brasil do futuro: o risco de nos transformarmos numa Argentina, Venezuela, caso saiamos dos trilhos. São filmes obrigatórios a quem deseja saber o que a mídia 'tradicional' esconde.

Tem lido notícias sobre nossos vizinhos? O povo come carne estragada, pega lixo para sobreviver... O presidente é de esquerda. Não interessa isso nas emissoras brasileiras: ano que vem tem eleição presidencial aqui. Imprensa: 'esquerda festiva', depende do dinheiro público (nossos impostos) de publicidade. Duração da trilogia: 120 minutos (íntegra no youtube). Cotação: excelente. Nas próximas 4 colunas escreverei sobre 4 efemérides bem especiais.

Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

24 JUL
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Notícias
facebook
Artigos
Perfil do Blog
Coisas de Cinema

Rodrigo Romero é jornalista desde 2001. Passou por Diário de Jacareí, Diário de Mogi e assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Jacareí. Em 2008 foi para a TV Câmara Jacareí, onde até hoje atua como apresentador e repórter. Escreve há quase dez anos, semanalmente, a coluna 'Coisas de Cinema' no Diário de Jacareí.


E-mail do autor: rodrigoromeropl@ig.com.br
Arquivo
Publicidade
Logos e Certificações: