[[date:%A, %d %B %Y]]

Com reforço em delegacias, governo promete 20 mil policiais em São Paulo

PolíciaOperação carnaval

Com reforço em delegacias, governo promete 20 mil policiais em São Paulo

Secretaria de Segurança Publica disponibilizou drones e helicóptero para auxiliar os policiais a partir deste fim de semana.  

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) vai mobilizar ainda 6 mil viaturas em todo o Estado, com atenção também para interior e litoral. Foto- Governo de SP/Arquivo
As ruas do Estado de São Paulo ganham 20 mil policiais a partir deste sábado (3) com o início da Operação Carnaval 2024, que terá auxílio ainda de drones, helicópteros e embarcações. Além dos 15 mil militares, o governo estadual promete mais 5 mil policiais civis nas delegacias nos próximos fins de semana.

A Operação Carnaval será mobilizada até o dia 18, com reforços durante os blocos de rua e os desfiles de escolas de samba. Além do atendimento nas delegacias, os policiais civis estarão trabalhando em ações de inteligência, com a utilização de veículos à paisana, drones e helicóptero.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) vai mobilizar ainda 6 mil viaturas em todo o Estado, com atenção também para interior e litoral.

"Houve uma expansão do Carnaval da capital para todo o estado. Por isso, existe esse planejamento para garantir a segurança em todos os locais", afirmou o comandante-geral da PM, coronel Cássio Araújo de Freitas.
Policiamento à paisana

Além dos policiais a pé circulando por locais estratégicos, a segurança terá agentes à paisana para observar atitudes suspeitas e evitar crimes, avisando a central de operações sobre possíveis problemas.

A corporação recebeu treinamento específico para lidar com casos de importunação sexual, com policiais mulheres atuando no acolhimento das vítimas durante o Carnaval. Atenção especial também para flagrantes de roubos e furtos de celular, com a PM atuando para combater a receptação dos aparelhos.

"A receptação dos celulares é muito rápida. O criminoso furta o celular, leva para outra pessoa e já sai daquela área. Por isso, estamos com uma operação em andamento justamente para combater a receptação de aparelhos de celular", explicou o coronel Cássio Araújo de Freitas. 

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 01 Março 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://diariodejacarei.com.br/

No Internet Connection