Publicidade
Quarta-feira, 12 de Maio de 2021 | você está em »principal»Blogs»O Quinto Poder
Publicado em 24/06/2016 às 10h14
De cabeça inchada


JOSÉ LUIZ BEDNARSKI

Carece de imaginação a onomástica esportiva afonsina - Jacareí Basketball, Jacareí Vôlei, Jacareí Rugby, Jacareí Futsal. A previsível escolha do nome demonstra nosso empobrecimento cultural ao longo da história, pois os exitosos times de outrora eram Trianon, Elvira e por aí afora.

O invariável destaque do nome da cidade também aponta a municipalização do cenário esportivo, com a triste constatação de que o desporto afonsino não tem viabilidade mercadológica e é totalmente dependente da injeção de recursos estatais.

Acompanhei as últimas duas partidas do Jacareí Futsal no campeonato paulista. O site da liga deixa a desejar. Dele não consta o regulamento do torneio e, ainda por cima, direciona o torcedor para o ginásio errado. Os jogos locais são realizados no Paraíso, não no Esperança.

A entrada é franca. Entretanto, tinha mais gente em quadra que na plateia. Resumia-se a torcida a pais de atletas, um punhado de guardas civis, Costela e Flávio do JAC.  Ao quinteto afonsino - antepenúltimo na classificação - bastava uma vitória simples contra a azulada equipe de São Caetano do Sul - penúltima colocada - para carimbar o passaporte à segunda fase.

Na noite fria, a porfia começou quente. Jacareí embetesgava o adversário, em busca do triunfo. Infortunadamente, o tiro saiu pela culatra. Na ânsia de atacar, os donos da casa desguarneceram-se, foram surpreendidos no contra-ataque e tiveram de buscar o empate. Em seguida, repetiu-se a dose. O jogo foi emocionante. Parecia Brasil x Itália, na Copa de 82. Costela descia para comprar pipoca, Jacareí assinalava um tento. Costela voltava à arquibancada, São Caetano vazava de novo nosso guarda-meta.

No segundo tempo, nossos valorosos salonistas não lograram sorte, carimbaram a trave quatro vezes em vão. Por falar em Copa de 82, sobressaía o talento de Dasayev. Malgrado o nome de goleiro, que indica que os bons tempos estão definitivamente de volta, cuida-se de um alígero e árdego atacante. E por falar em quíper, o de Jacareí é famigerado - Pezão, componente da melhor seleção brasileira de futsal de todos os tempos.

Foi uma noite memorável, pena que perdemos por cinco a quatro. Voltei pra casa de cabeça inchada.

Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

12 MAI
Publicidade
Publicidade
Notícias
facebook
Artigos
Perfil do Blog
O Quinto Poder

Coluna assinada pelo Promotor de Justiça da Cidadania, José Luiz Bednarski. Uma abordagem apartidária, com discussão aberta dos assuntos de interesse geral; o amadurecimento paulatino da cidadania, a força da população em diálogo com órgãos independentes representativos, como MP, Defensoria Pública e outras instituições criadas ou fortalecidas a partir daConstituição de 1988.


E-mail do autor: joseluizbednarski@gmail.com
Arquivo
Publicidade
Publicidade
14/01/2021
Santos e Palmeiras disputam a final da Taça Libertadores no dia 30 de janeiro, às 17h, no Maracanã. Na sua opinião, qual dos dois será o campeão?

Nenhuma enquete encontrada!

Logos e Certificações: