Publicidade
Domingo, 13 de Junho de 2021 | você está em »principal»Blogs»Coisas de Cinema
Publicado em 24/04/2020 às 16h01
Aula de História


RODRIGO ROMERO

Se você nada sabe sobre assuntos como Nazismo, Segunda Guerra Mundial, Adolf Hitler, Holocausto, Eixo, Aliados etc, o melhor documentário a ser assistido é, sem qualquer dúvida, 'Hitler: Uma Carreira' (1977).

Dirigido por Joachim Fest (1926-2006), biógrafo oficial do ditador austríaco-alemão (o livro foi lançado em 1973), o longa ensina ao espectador de maneira didática como foi construída toda a trajetória política do movimento hitlerista, desde os primórdios (as reprovações do tirano nas escolas de artes) até o cume - a invasão vitoriosa na França, em 1940 -, e a derrocada subsequente, em 1945.

É preciso estar preparado: o doc tem 2 horas e meia de duração e cenas fortes, chocantes. Mas há também imagens raras, como por exemplo, as de Hitler no vagão de trem em Paris assinando a rendição francesa (era o mesmo local da derrota da Alemanha na Primeira Guerra, em 1918, onde foi assinado o Tratado de Versalhes, documento que culpava a Alemanha pela Guerra e exigia reparação pelos danos causados - 'Foi o melhor momento de minha vida', Hitler declarou depois, sentindo-se vingado) e, alguns minutos após, ele passeando na apagada 'Cidade-Luz', completamente vazia.

Narrado originalmente pelo ator Gert Westphal e em inglês pelo também intérprete Stephen Murray, 'Hitler: Uma Carreira' desenvolve o roteiro baseado na construção de um mito - como se deu toda a manipulação de um povo para que apoiasse um sujeito que se baseava na oratória ensaiada com gestos eloquentes que prometia loucamente retomar a autoestima germânica que estava manchada depois da humilhação sofrida na I Guerra.

Entre as décadas de 1910 e 1930 a população alemã penou para sobreviver. O índice de desemprego era altíssimo e a fome imperava. Além disso, a improvável popularidade de Hitler é esmiuçada em último grau, de todos os ângulos possíveis: os segundos de silêncio propositais antes do início de cada discurso, os portentosos desfiles da delegação nazista, a repressão aos judeus etc.

O documentário disseca o modo com o qual Hitler usou a fraqueza do povo para contaminá-lo com ideias malucas, como a 'superação de uma raça, a ariana'.

Psicologia e comiseração, torpor e retaliação e punição e satisfação: eis os aliados na batalha que estava por vir - a Segunda Grande Guerra (1939-1945). 'Hitler: Uma Carreira' é fundamental para se compreender tudo isso. Está disponível na Netflix. Duração 150 minutos. Cotação: excelente.

Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

13 JUN
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Notícias
facebook
Artigos
Perfil do Blog
Coisas de Cinema

Rodrigo Romero é jornalista desde 2001. Passou por Diário de Jacareí, Diário de Mogi e assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Jacareí. Em 2008 foi para a TV Câmara Jacareí, onde até hoje atua como apresentador e repórter. Escreve há quase dez anos, semanalmente, a coluna 'Coisas de Cinema' no Diário de Jacareí.


E-mail do autor: rodrigoromeropl@ig.com.br
Arquivo
Publicidade
14/01/2021
Santos e Palmeiras disputam a final da Taça Libertadores no dia 30 de janeiro, às 17h, no Maracanã. Na sua opinião, qual dos dois será o campeão?

Nenhuma enquete encontrada!

Logos e Certificações: