Publicidade
Terça-feira, 22 de Outubro de 2019 | você está em »principal»Notícias»Editorial
Publicado em 03/10/2012 às 16h41
Não desafinem agora!
A redação / Diário de Jacareí

Jacareí tem se mostrado, durante a campanha eleitoral de 2012, uma maturidade política raramente vista nos anais da história desta cidade. Comparada a outros municípios, dentro e fora do Estado de São Paulo, nossa cidade mostrou que é possível fazer uma eleição sem a guerra de liminares, inimizades entre cabos eleitorais e militantes, e sem ofensas – uma utopia em meio à barbárie.

Entretanto, todo conhecedor do jogo político sabe que os últimos dias de campanha sempre são de choro e ranger dos dentes. O choro, nascido da guerra suja de panfletos maldosos, e boatos; o ranger dos dentes do eleitor, inundado e intimidado, enganado pela onda suja que vem como uma enchente avassaladora que não destrói móveis ou casas, mas a própria fé na verdadeira democracia.

Exemplos dessa ‘campanha paralela’ existem na história das eleições no país há tanto tempo quanto se pode imaginar. Acusações sobre a vida pessoal dos candidatos e pesquisas de opinião distorcidas de última hora poderiam formar uma história à parte, que acaba encobrindo todo o esforço de caráter cívico por um mínimo de seriedade em um assunto sério, que é a escolha pelo voto dos nossos representantes no executivo e no legislativo.

Tal tática de guerrilha contra o fato encontra abrigo não apenas na má fé e nas sombras morais do jogo político. Ela é absorvida na curiosidade mórbida da população que, infelizmente, em muitos momentos, se deixa levar, dá eco e garante a perpetuação dessa prática que se coloca diametralmente oposta à noção de democracia. Tais ações, independentemente de quem as praticam e de seus objetivos, podem e devem ser consideradas como as verdadeiras ameaças à cidade de Jacareí. Pois, os autores desses crimes também atentam contra a inteligência da própria população.

Tudo o que havia para ser dito e feito aos eleitores foi feito pelos militantes, cabos eleitorais e, principalmente, pelos candidatos. Todas as ações que vierem depois do prazo legal, com ou sem assinatura, não apenas infringem a legislação eleitoral, mas também se transformam no pesado fardo sobre os candidatos, em uma cidade que não se tornou refém de suposições, fofocas e murmúrios.

Seria triste se, neste último acorde da canção que vem sendo executada com tanto primor, houvesse um desafino tão medonho como o da indústria dos boatos tão comuns na política deste país.

É a nossa opinião. 

Publicidade
Relacionadas
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

22 OUT
Publicidade
Notícias

Blogs
11/10/2019
A Prefeitura de Jacareí anunciou a implantação de corredores de ônibus na cidade. Qual a sua opinião sobre o tema?
06/04/2019
Após 100 dias de trabalho, qual a sua avaliação sobre o governo de Jair Bolsonaro (PSL)?
  • 38.1%
  • 19.5%
  • 14.6%
  • 13.3%
  • 12.2%
  • 2.2%
Publicidade
Publicidade
Logos e Certificações: