Sábado, 13 Julho 2024

Ipem-SP fiscaliza fios e cabos elétricos em comércios de SP

Geral'Energia Segura'

Ipem-SP fiscaliza fios e cabos elétricos em comércios de SP

Fios e cabos elétricos estão entre os materiais mais importantes que formam a instalação elétrica de um imóvel. 

Ao todo foram verificados 12.884 produtos e detectados erros em 134 (1,04%). Foto- Divulgação/Ipem-SP

O Ipem-SP (Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo), autarquia do Governo do Estado, realizou a Operação 'Energia Segura' no período de 10 a 14 de junho, para verificar fios e cabos elétricos na capital e nas cidades de Jacareí, Jales, Piracicaba e São José do Rio Preto. A ação ocorreu também no comércio virtual.

Ao todo foram verificados 12.884 produtos e detectados erros em 134 (1,04%).

Clique aqui para participar do canal do Diário de Jacareí no WhatsApp e receber notícias em tempo real.

Os fios e cabos elétricos estão entre os materiais mais importantes que formam a instalação elétrica de um imóvel. Eles são os responsáveis por levar a energia desde o ponto de entrada até os pontos de utilização como as tomadas e os interruptores.

Para que a instalação seja segura e funcione corretamente é importante que as características dos cabos elétricos estejam em conformidade com os requisitos exigidos pela legislação do Inmetro, órgão no qual o Ipem-SP é delegado no Estado de São Paulo.

As empresas autuadas têm dez dias para apresentar defesa ao órgão. De acordo com a lei federal 9.933/99, as multas podem chegar a R$ 1,5 milhão.

Fiscalização em fios e cabos elétricos

De acordo com a autarquia do governo estadual, ao longo do tempo, o mercado nacional frequentemente vem sendo abastecido de fios e cabos elétricos de qualidade duvidosa, utilizados nas instalações elétricas de baixa tensão. Os problemas são inúmeros, variando desde produtos sem certificação, sem registro no Inmetro, com falta de informações (ou informações não verídicas nas etiquetas de identificação das embalagens), cabos com a isolação produzida a partir de compostos de baixa qualidade (não atendendo requisitos específicos de inflamabilidade e/ou atoxicidade) e, o principal deles, fios e cabos com resistência elétrica superior à permitida pela norma de fabricação.

O cobre deve seguir a norma NBR NM 280, que define a resistência elétrica do fio para cada seção nominal e esta característica está diretamente relacionada com a quantidade e/ou qualidade do cobre contido no produto.

Popularmente, os fios e cabos elétricos com resistência elétrica superior à permitida são chamados de 'desbitolados'. Em geral, o mau fabricante retira parte do cobre e compensa acrescentando mais isolante (PVC), procurando manter o peso do produto próximo do peso de um produto de marca tradicional em situação regular; com isso, enganando o consumidor, que acaba comprando 'gato por lebre'.

Além dos cuidados que os comerciantes e consumidores devem ter, o IPEM-SP periodicamente vem realizando operações para retirar do mercado fios e cabos irregulares.

SERVIÇO
Ipem-SP

O Ipem-SP é uma autarquia vinculada à Secretaria da Justiça e Cidadania do Governo do Estado de São Paulo e órgão delegado do Inmetro. Realiza diariamente, operações de fiscalizações rotineiras em balanças, bombas de combustíveis, medidores de pressão arterial, taxímetros, radares, capacetes de motociclistas, brinquedos, cadeiras de carro para crianças, peças de roupa, cama, mesa e banho, botijões de gás, entre outros materiais.

Quem desconfiar ou encontrar irregularidades pode recorrer ao serviço da Ouvidoria, pelo telefone 0800 013 05 22, de segunda a sexta, das 8h às 17h, ou enviar e-mail para ouvidoria@ipem.sp.gov.br.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 13 Julho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://diariodejacarei.com.br/

No Internet Connection