Sábado, 13 Julho 2024

'Glúten' para o bem de Jacareí

Editorialcomportamento

'Glúten' para o bem de Jacareí

Não há unanimidade; prós e contras são conhecidos, porém pouco se faz em busca de uma verdade que seja universalmente aceita. 

Um assunto dos mais difíceis de se manter unanimidade é o da nossa alimentação básica. Você já deve ter topado algumas vezes com situações as mais controvertidas que tratam do tema, principalmente depois da internet também tê-lo abraçado com o mesmo ímpeto das demais fontes (se não maior).

Não há unanimidade; prós e contras são por demais conhecidos, porém pouco se faz em busca de uma verdade que seja universalmente aceita. Arroz, feijão, café, leite, açúcar e pão, por exemplo, são defendidos por uns e criticados por muitos que, apesar disto, os consomem em grande quantidade.

Recentemente, fomos surpreendidos com algo diferente: a Câmara Municipal de Jacareí acaba de aprovar por unanimidade um Projeto de Lei que autoriza criar no município a 'Rota gastronômica do pão sem glúten'. Iniciativa do vereador Paulinho dos Condutores e adesão de todos os demais. Como se sabe, trata-se do componente dos mais consumidos no Brasil (o glúten), por fazer parte da farinha de trigo com a qual fazemos pães, doces, bolos pizzas e tantos outros.

Se atenderem à ideia, proprietários de padarias, bares, restaurantes, pizzarias, micro cervejarias e congêneres, que se interessarem, passarão a integrar um conjunto de forte potencial turístico e presença de consumidores dos tais produtos sem glúten, reforçando de maneira significativa as oportunidades de expansão dos respectivos negócios. Segundo o autor do projeto, fica principalmente aberto o campo para criação de novos empregos.

Compara-se o potencial da iniciativa com os famosos 'biscoutos de Jacareí', que mesmo encerrada a produção há decênios ainda são lembrados aqui e Brasil a fora. Se levarmos em conta que, dando certo com os derivados do glúten, abrem-se caminhos para adesão a outros produtos alimentícios, imagina-se o potencial que se mostra no gênero.

Mesmo que outros produtos custem a participar da iniciativa em termos de turismo, é bom lembrar que são mais de 2 milhões de vítimas do glúten no Brasil para os quais urge atenção especial.

É a nossa opinião.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 13 Julho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://diariodejacarei.com.br/

No Internet Connection