Sexta, 24 Mai 2024

Os romeiros estão certos

Editorialfé & devoção

Os romeiros estão certos

A explicação é simples: com os problemas do Brasil de hoje, para muitos só lhes resta rogar para a misericórdia 'do Alto'.

Quem passou em outubro ao longo de 200 quilômetros da Rodovia Presidente Dutra, nos dois sentidos, ou em outras estradas cujo foco principal para todas é a cidade de Aparecida, notou uma diferença este ano: o número de romeiros caminhantes nesses trechos aumentou em muito, embora a uma semana antes da data comemorativa da Santa. Em pleno meio-dia de sol 'castigante' da última sexta-feira (6), por exemplo, havia num trecho de dez quilômetros cerca de 300 romeiros – homens, mulheres e jovens – a pé.

A explicação é simples: com os problemas do Brasil de hoje, para muitos só lhes resta rogar para a misericórdia 'do Alto', na tentativa de amenizá-los. Se continuar assim, Aparecida vai bater recorde de peregrinos neste 12 de outubro.

Justificamos: Praticamente num único dia, quinta-feira (5), médicos paulistas que curtiam a noite carioca em um quiosque na Barra da Tijuca, no intervalo de um congresso profissional, foram covardemente abordados e baleados por quatro bandidos no intervalo de 30 segundos em que desceram do veículo em que estavam; três morreram e um continuava internado até a noite de sexta-feira (6).

Tudo indica que as vítimas teriam sido confundidas por traficantes que tencionavam eliminar rivais do crime. Não demorou muito chegou a notícia de que quatro homens foram encontrados mortos dentro de um veículo, na mesma noite. Acredita-se tenha havido uma 'queima de arquivo' do assassinato dos médicos momentos antes, por eliminarem 'as pessoas erradas'.

Ainda no período, seis outras vítimas foram feitas, estas em Jequié, no Estado da Bahia, provavelmente em entreveros com ciganos que habitam a hoje 'cidade mais violenta do Brasil'. Aliás, a Bahia ultrapassou o Rio de Janeiro no que se refere a criminalidade. A ponto do ministro da Justiça, Flávio Dino, ter defendido a polícia no enfrentamento criminoso. Porém, uma postura foi mantida: Dino culpou Bolsonaro pela política armamentista que desempenhou quando presidente.

Estão certos os romeiros: Só por Deus mesmo!

É a nossa opinião. 

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 24 Mai 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://diariodejacarei.com.br/

No Internet Connection