[[date:%A, %d %B %Y]]

Uma espera angustiante

Uma espera angustiante

Não basta reabrir estabelecimentos, é preciso motivar a clientela a consumir

Tradicionalmente silenciosos, representantes de bares restaurantes e similares de três grandes cidades do Vale do Paraíba – Jacareí, São José dos Campos, Taubaté, além de Campos do Jordão (Serra da Mantiqueira) – saíram às ruas na última quinta-feira (23) em protesto pacífico. O motivo é mostrar o sufoco vivido pela categoria em razão das medidas de prevenção contra a Covid-19 que – segundo os manifestantes – já reduziram 75% do faturamento. Isto para os que tentam sobreviver com alternativas insuficientes, sem falar no fechamento definitivo de dezenas de estabelecimentos.

Em Jacareí, duas casas das 26 maiores do gênero na cidade declararam fechamento definitivo. Segundo o Sinhores-Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares calcula-se que cerca de 1.500 trabalhadores do ramo perderam o emprego na região.

Na entrevista realizada na sexta-feira (24) pelo Comitê da Crise, o governador João Doria (PSDB) anunciou que o Vale do Paraíba vai permanecer na faixa 'laranja'. No Estado de São Paulo, cuja Capital continua na categoria amarela, apenas três outras regiões avançaram: Campinas, Araçatuba e Araraquara. A notícia deve agravar ainda mais a situação de setores do comércio e de serviços, mantendo-os no panorama nada animador vivido pelo restante da população produtiva.

A atitude de 'mostrar a cara' tomada pelos membros do movimento de rua de quinta-feira pode servir de alerta, para o Comitê da Crise, de que se vive o limite do tolerável. Não basta reabrir estabelecimentos, é preciso motivar a clientela a consumir, o que ninguém pode dizer com segurança como fazer.

Espera-se uma pequena possibilidade de contornar a questão. O mesmo Sinhores reivindica há algum tempo que hotéis, restaurantes, bares e similares sejam enquadrados na 'faixa amarela já', independentemente de avaliação da pandemia, explica José Luiz Matos Ribeiro representante do sindicato em Jacareí. Uma medida complexa, mas que vem sendo tentada há algum tempo e ainda sem resposta. Difícil, embora seja o que resta.

É a nossa opinião. 

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 28 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://diariodejacarei.com.br/

No Internet Connection