Sábado, 13 Julho 2024

Judas, o santo

Editorialcomportamento

Judas, o santo

Mais de 2 mil anos se passaram com guerras, assassinatos de inocentes, e pouca coisa mudou em termos de traições, horrores e extermínios. 

'Falava Ele ainda, e eis que chegou Judas, um dos doze, e, com ele, grande turba com espadas e porretes, vinda da parte dos principais sacerdotes e dos anciãos do povo (...) Jesus, porém, lhe disse: Amigo, para que vieste? Nisto, aproximando-se eles, pegaram Jesus e o prenderam.' No pior instante do relacionamento entre o Cristo e seu traidor, Ele o chama de 'meu amigo'.

Mais de 2 mil anos se passaram com guerras, assassinatos de inocentes, e pouca coisa mudou em termos de traições, horrores, massacres e extermínios. E a história não registra nada semelhante à grandeza do ato de amor do Mestre.

Esta semana, por exemplo, foi pródiga em atitudes intransigentes ou omissas dos mandões da humanidade; todas carregadas de revolta, ódio e intenção clara de aniquilar grupos humanos específicos pela simples gana de sobrepor-se a estes.

Impossível alguém ficar isento de ser atingido direta ou indiretamente: Além da guerra em Gaza, continuam o conflito da Ucrânia e tantas outras ameaças semelhantes marcadas por desentendimentos perigosos e – claro – pela insegurança crônica brasileira:

Dados oficiais registram cinco cidades baianas como as mais violentas do país (Jequié, Santo Antônio de Jesus, Simões Filho, Camaçari e Juazeiro). No Estado de São Paulo, mata-se mais em Birigui, Araçatuba e São José do Rio Preto; em nossa região, Caraguatatuba lidera algumas outras fontes de tragédias.

Assim, um esforço de todos nós, concentrado e cuidadoso, faz-se urgente. Veja que nos enganamos facilmente com boatos e interpretações precipitadas a levar-nos a erros evitáveis. Quer um exemplo?O Judas, a quem Jesus chama de 'amigo', no início desta matéria, é o Iscariotes; já o do título, é o Tadeu; este venerado como 'padroeiro dos aflitos', cuja data comemora-se coincidentemente neste sábado (28).

Um posicionamento firme e cuidadoso de cada um de nós pode evitar fixarmos nos erros, não nos acertos. Assim, valha-nos Judas, o santo.

É a nossa opinião. 

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 13 Julho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://diariodejacarei.com.br/

No Internet Connection