[[date:%A, %d %B %Y]]

Ação cidadã em tempos de eleições

Editorialcomportamento

Ação cidadã em tempos de eleições

Certas atitudes não surpreendem. Não há motivos para desesperos; sempre haverá tempo hábil para colocar o trem nos eixos.  

O recente jogo de cena praticado pela Câmara Municipal, e que viralizou nesta última semana, foi (e com folga) o tal pedido de suspensão da cobrança da Taxa de Lixo, por iniciativa dos vereadores de Jacareí. Foi também uma amostra do que vem por aí a repetir 'promessoilas' políticas', com ideias eleitorais nada ortodoxas.

Tais promessas ou atitudes (como é o caso da taxa do lixo) não surpreendem. Até por serem repetitivas, comuns, oportunista etc... 'Vícios' que identificamos com facilidade. Mas, por outro lado, até ajuda, diga-se, para quem encara uma campanha política e não sabe desenvolvê-la 'sem xingar a mãe do outro'.

Embora familiar, no geral esse mal onipresente em ano de eleições, quando promessas e atos mirabolantes são praticados à granel, não podem deixar de ser classificados como prejudiciais ao bom andamento de qualquer pleito eleitoral que se preze. O ruim é a motivação de 'iniciativas' ditas em 'prol da população', como a tal da suspensão da taxa de lixo, que se baseia em alguma coisa difícil de ser realizada.

Enfim, se ficasse por aqui já seria um mal retrógrado contra a sociedade brasileira; mas não fica. Em termos de comportamento nas disputas políticas em geral, vivemos o bate-boca entre dois conhecidos pastores (dispensa-se citar seus nomes ora escancarados nas redes sociais). Por do outro lado, devemo-nos preocupar, sim, pela invasão ideológica que se assiste. Herança da politização da última eleição presidencial.

Chegou-se ao ponto de pastores de esquerda (Como? O Estado é laico! – Pois é...)já presentes nas ruas, recentemente, militando ao leu, falando – ou melhor – berrando 'o meu Deus´...; o 'seu Deus...', como se o 'Santificado' fosse peça de campanha. Isto pode ser ouvido quantas vezes você quiser com um click de mouse na internet.

Não há motivos para desesperos; sempre haverá tempo hábil para colocar o trem nos eixos. Basta 'ação cidadã' (se for por dificuldade de denominá-los).

É a nossa opinião. 

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 15 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://diariodejacarei.com.br/

No Internet Connection