[[date:%A, %d %B %Y]]

Mais personagens, menos história

Mais personagens, menos história

A estrela da fita é Jimmie Rodgers, na época um popular cantor dos EUA. Ele dá vida ao tenente Craig.  

Em 1964 e 1966, o diretor Monte Hellman rodou 2 filmes de modo simultâneo em cada ano – os 4 com a participação o então novato ator Jack Nicholson. Um deles, 'Guerrilheiros do Pacífico' (1964 – íntegra no youtube), rodado nas Filipinas, mostra uma equipe de 3 soldados americanos a preparar o retorno do general MacArthur na Segunda Guerra Mundial (a história se passa em 1944). Para cumprir tal missão, o trio precisa destruir um centro de comunicação controlado pelos inimigos japoneses.

A estrela da fita é Jimmie Rodgers, na época um popular cantor dos EUA. Ele dá vida ao tenente Craig. Como todo bom mocinho, tem tendências pacíficas e rejeita o conflito. Nicholson é Burnett, especialista em parafernálias radiofônicas que dá algumas pitadas de observações filosóficas na trama. E John Hackett, que pelas décadas seguintes desempenhou a função de uma espécie de dublê de Nicholson em diversos filmes, é Jersey, típico soldado 'casca grossa', o mais frio de todos. Conrad Maga é Paco, líder desconfiado e desumano do exército rebelde das Filipinas.

Hellman só tinha comandado um trabalho antes de 'Guerrilheiros do Pacífico' e quis dar à fita a característica de se concentrar mais nas personalidades dos sujeitos do que na ação propriamente dita. O roteiro, de Richard Guttman (estreante) e do ator Hackett, mostra combatentes conspirando sobre o que fazer para desmantelar o equipamento dos orientais e de como enfrentar o radical Paco. Ao longo dos minutos, porém, isso fica menos importante. Ganha relevância o interesse pelos pensamentos dos soldados e reflexões sobre temas como vida e morte.

'Voo para a Fúria', 'O Tiro Certo' e 'A Vingança de um Pistoleiro' foram os outros longas rodados, que formam o quarteto da parceria Hellman-Nicholson. O diretor foi o 2º com quem ele mais trabalhou, perdendo para Bob Rafelson, que dirigiu o ator em 6 fitas entre 1967-95, dentre elas 'Cada um Vive como Quer'. Duração: 7O minutos. Cotação: regular. 

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 03 Março 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://diariodejacarei.com.br/

No Internet Connection