[[date:%A, %d %B %Y]]

Campanha não será para amadores

Editorialeleições 2024

Campanha não será para amadores

Mudaram os tempos, mudou a equipe marqueteira, Lula chega ao poder pela terceira vez, sem o mesmo destaque para o tema inicial. 

Quem acompanhou a primeira eleição de Luiz Inácio Lula da Silva à presidência, vai lembrar-se da última cena do final da 'Campanha Eleitoral Gratuita de 2002'.Sob o tema 'Lulinha Paz e Amor', o então candidato que falava de família, da mãe que se separou do seu pai 'e cuidou dos oito filhos deixados', carregava no colo uma criança. Foi eleito pela segunda vez também sob marketing de forte apelo emocional, em que pobres, família e crianças foram os alvos.

Mudaram os tempos, mudou a equipe marqueteira, Lula chega ao poder pela terceira vez, sem o mesmo destaque para o tema inicial, este que se tornou quase imperceptível em meio a outros chamamentos.

Este ano teremos eleições municipais e - como diria Clarice Lispector: 'eis que de repente' - não é que o apelo família, mãe, pai, filho, filha, avô, irmão, dentre outros, já despontam como temas neste pré-início de campanha. Foi na quinta-feira (22) durante o lançamento da pré-candidatura a prefeito de Jacareí do médico Rodrigo Salomon (PSD), com direito a oficialização partidária no ato, e presença do vice-governador Felício Ramuth, também do partido, que comandou a cerimônia de assinatura.

O grande número de pessoas presentes ao ato, além de políticos importantes do PSD paulistano, de São José dos Campos e de Jacareí impressionaram, mas não comoveram a ponto de despertar suspiros. Como ocorreu durante a apresentação de um curto filme com depoimentos dos citados familiares, uma menina cuja vida da mãe foi salva pelo médico pré-candidato, além de outros colegas de bisturi que também elogiaram qualidades de
Salomon.

Resumo da ópera: a campanha ao Executivo Municipal em 2024 não será para amadores, com pré-candidatos do prefeito Izaias Santana (Celso Florêncio-PSDB); do PT apadrinhados por Lula (Hamilton Mota); de Luís Fernando Massari (União Brasil) e do MDB com o ex-presidente da Câmara, Diobel Fernandes.

Há exageros: no evento do PSD declamaram versinhos que rimam 'Salomon' com 'coração'. Mas, como nada é perfeito...

É a nossa opinião. 

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 15 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://diariodejacarei.com.br/

No Internet Connection