[[date:%A, %d %B %Y]]

Encontrado corpo de morador de Jacareí que desapareceu após temporal em Petrópolis

CidadeTragédia

Encontrado corpo de morador de Jacareí que desapareceu após temporal em Petrópolis

Luiz José Faria Ramos voltava do serviço com três amigos quando o carro onde eles estavam foi surpreendido pela enxurrada.  

Trabalhos de limpeza nas ruas de Petrópolis retiraram 649,2 toneladas de resíduos em 2 dias. Foto- Fernando Frazão/Agência Brasil

Foi encontrado o corpo do homem, morador de Jacareí, que desapareceu após o temporal que devastou o município de Petrópolis, na região serrada do Rio de Janeiro, na última terça-feira (15).

De acordo com informações apuradas pelo Diário de Jacareí, familiares de Luiz José Faria Ramos, de 40 anos, viajaram para aquela cidade para a identificação formal do corpo, que está no IML – Instituto Médico Legal. 

Na terça-feira (22), um corpo com características semelhantes foi encontrado em um rio, mas devido ao tempo de exposição na água, a vítima teve que ser identificada pelas digitais.

A TRAGÉDIA
Luiz José Faria Ramos voltava do serviço com três amigos quando o carro onde eles estavam foi surpreendido pela enxurrada. A confirmação do desaparecimento do morador de Jacareí veio na quarta-feira (16), quando a esposa de um dos homens ligou para a família de Luiz relatando o ocorrido.

Era o próprio Luiz quem dirigia o carro. Informações repassadas por seus colegas, dão conta de que eles conseguiram sair do veículo em segurança e tiveram escoriações pelo corpo, mas Luiz precisou sair pelo lado do passageiro e desapareceu entre as águas.

Luiz era pai de dois filhos, um menino de quatro anos e uma menina de dois. O filho mais velho fez aniversário um dia antes da tragédia, ocorrida no último dia 15.

Número oficial de mortes chega
a 182; ainda há 89 desaparecidos

Cristina Índio do Brasil
Agência Brasil

O oitavo dia de buscas em Petrópolis, na região serrana, começou com a confirmação de 182 mortos em consequência do temporal de terça-feira (15). Desde então, a cidade tem enfrentado mais chuva, o que prejudica o trabalho das equipes que atuam nos locais de deslizamentos e desabamentos.

O trabalho de reconhecimento de vítimas fatais continua sendo feito pela Polícia Civil do Rio de Janeiro. Dos 182 óbitos registrados até agora, 111 são mulheres, 71 homens e 32 crianças. Desse total, 168 foram identificados, 152 encaminhados para funerárias e os demais aguardam as famílias para a liberação.

Segundo a Secretaria de Estado de Polícia Civil (Sepol), além dos 182 corpos, sete despojos, que são fragmentos de corpos, chegaram ao Instituto Médico Legal (IML). Até o momento, conforme a secretaria, 89 registros de desaparecidos foram feitos na Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA).

A Defesa Civil recebe o apoio de diferentes setores do município, dos governos estadual e federal no suporte aos atendimentos que passaram de 1,3 mil ocorrências, a maior parte de deslizamentos. 

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 04 Julho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://diariodejacarei.com.br/

No Internet Connection