[[date:%A, %d %B %Y]]

Câmara entrega título de cidadão ao ex-do basquete, Edvar Simões

Esporteshomenagem

Câmara entrega título de cidadão ao ex-do basquete, Edvar Simões

Homenagem aconteceu no último dia 30 e é fruto de Decreto Legislativo, de autoria do vereador Dudi (PL).  

Edvar conversa com os ex-jogadores Cadum e Marcel (de costas). Foto- Divulgação/CMJ

A Câmara Municipal de Jacareí realizou na noite do último dia 30 cerimônia de outorga de título de 'Cidadão Jacareiense' ao ex-jogador de basquete, José Edvar Simões.

O título de cidadania – mais alta honraria que o Legislativo Municipal concede às pessoas que tenham, de forma direta ou indireta, prestado serviços relevantes à comunidade – concedido a Edvar Simões é fruto do Decreto Legislativo número 459, de 28 de setembro de 2022, de autoria do vereador Dudi (PL).

Segundo o homenageado a honraria recebida é estendida a todos seus companheiros que o acompanharam ao longo de mais de 30 anos dentro e fora das quadras, como atleta e treinador. "Não existe uma pessoa só. No esporte coletivo todos são um, por isso a presença de meus amigos de quadra e de vida, além de meus familiares, é a maior homenagem que recebo", disse Edvar.

Na Tribuna o autor do Decreto afirmou que Edvar foi um atleta que foi além do esporte. "Edvar plantou valores no esporte e na vida. O modo como lidamos e reagimos aos erros nas quadras deve ser encarado da mesma forma como lidamos com as adversidades da vida", afirmou Dudi.

Participaram do evento o autor do decreto, vereador Dudi, demais vereadores, o secretário de Esportes e Recreação de Jacareí, Dorival Leal Moreira; o coordenador técnico da Associação de Basquetebol de Jacareí (ABJ), Adriano Abdalla; o diretor social do Trianon Clube, Adir Rossi Júnior, além das presenças dos ex-jogadores da Seleção Brasileira, Marcel e Cadum, que foram treinados por Edvar.

HISTÓRIA
Nascido em São José dos Campos (SP), Edvar era armador e começou sua carreira pelo Tênis Clube de São José dos Campos, passando depois pelo Corinthians (foi campeão da Taça Brasil em 1955), Trianon Jacareí e Palmeiras, onde encerrou sua carreira como atleta.

Defendeu a Seleção Brasileira de Basquete em competições importantes, como Olimpíadas e Mundiais. Conquistou a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Tóquio (Japão) em 1964, o terceiro lugar no Mundial do Uruguai em 1967 e o vice-campeonato Mundial em 1970, na então República Socialista Federativa da Iugoslávia.

Também foi vice-campeão Sul-Americano em 1966, na Argentina. Depois de atuar como jogador, Edvar iniciou uma vitoriosa carreira como treinador, tendo acumulado conquistas importantes, como seis títulos da Tape Brasil: em 1981 pelo São Jose dos Campos e o tricampeonato pelo Monte Líbano (1985/86/87).

Homem de visão, rompeu a fronteira do basquete e ingressou no futebol, no cargo de Diretor de Futebol do Corinthians em 2004, após ter dirigido o time de basquete do Corinthians-Mogi. Permaneceu no cargo até março de 2007, quando foi dispensado pelo presidente Alberto Dualib e voltou a trabalhar como treinador de basquete.

Em junho de 2020 Edvar Simões foi eleito, em enquete promovida por um site esportivo da região, o maior atleta da história do Vale do Paraíba, tendo participado da votação cerca de seis mil pessoas e Edvar recebido um pouco mais de 3 mil indicações, equivalente a 50,1% dos votos. 

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 03 Março 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://diariodejacarei.com.br/

No Internet Connection