[[date:%A, %d %B %Y]]

Não se brinca com a sorte

Editorialpolítica

Não se brinca com a sorte

Atualmente, em nosso país, estamos no limiar de uma barafunda social difícil de ser dimensionada antecipadamente. 

'Bomba contra Lula'; 'Brasil vai parar; greve geral!'; 'Dino foi desmascarado'; 'Vai parar o país...' e tantas outras apelações em títulos de filmezinhos informativos na internet, lançados todos os dias em intensidade tão feroz quanto as inverdades neles postados.

Com intenções maliciosas – é o mínimo que se pode dizer – as quais a maioria dos leitores sabe antecipadamente a que se referem; muitas vezes, a mais inocente é destinada apenas a que o leitor dê um 'joínha' para o autor não perder o espaço perante a plataforma. Fica difícil é entender como a aparente naturalidade com tal situação é 'digerida' por milhares de pessoas a todo momento (há caso do autor apostar que o leitor dará o joínha sem ler a notícia).

Na primeira metade do século passado, jovens se desdobravam para curtir 'secretamente' histórias em quadrinhos, então consideradas subliteraturas (e como tal seriam de mau gosto serem lidas). Os famosos 'gibis', entretanto, nem de longe refletiam o desastre intelectual-informativo representado pelas falsas manchetes hoje exibidas 24 horas por dia 'de graça' com objetivo funesto de no mínimo esconder a realidade.

Podemos dizer 'no mínimo' porque nada impede que o acúmulo dessas falsidades pode em breve provocar reação das autoridades ávidas por controlar o noticiário eletrônico; em outras palavras, censurar tudo.

Os mais experimentados em política brasileira já anunciam que 2024 será ano dos mais difíceis para nós brasileiros. Estamos no limiar de uma barafunda social difícil de ser dimensionada antecipadamente. É fato confirmado que a popularidade do atual presidente Lula da Silva cai a cada dia; avalia-se que eleitos com boa imagem pública estão à beira de serem tirados da vida pública por incríveis processos de cassação, sem falar na dívida pública que em fevereiro bateu os recordes desde que ela é publicada oficialmente. A dengue, a hanseníase crescem ameaçadoramente; pastores revoltados censuram abertamente o governo, como nunca se viu... Não é bom brincar com a sorte.

É a nossa opinião. 

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 15 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://diariodejacarei.com.br/

No Internet Connection