Segunda, 27 Setembro 2021

Furdunço na 'desomenagem'

EditorialPolítica

Furdunço na 'desomenagem'

Seria cabível uma discussão entre poderes públicos e moradores desses locais nominados na cidade de Jacareí

Jacareí foi brindada tempos atrás com o 'Dia do Carrinho de Rolimã', esporte-brincadeira muito concorrido na década de 2010 que agitava todos os anos o bairro Jardim Maria Amélia. A ideia foi do então vereador Adriano da Ótica, que justificou aos críticos da propositura que a data era importante 'para unir pais e filhos ou jovens e idosos com formas tradicionais de lazer'.

Os tempos mudaram, não aconteceram mais as emocionantes corridas de rolimã, que chegaram a revelar a primeira participante feminina da modalidade. Num lampejo de 'saudosismo do saudosismo', este ano teremos a 'Semana de Volta à Inocência', por iniciativa do vereador Rogério Timóteo (Republicanos).

Na sessão de quarta-feira (1º), foram aprovadas denominações de logradouros com os nomes do Sensei Paulo Graça, Luiz Gama e Marielle Franco em três praças do Jardim do Marquês (região leste), com uma novidade: em uma delas será 'desomenageada' uma categoria profissional (Corretor de Seguro), cujo nome já consta de um desses locais.

Nos três casos chamam a atenção a falta de critério de todos os lados em iniciativas que deveriam ser fortes o suficiente para humanizar áreas urbanas. É mais satisfatório residir na Antônio Afonso que na Rua 18, por exemplo, desde que o homenageado proporcione tal satisfação.

Seria cabível uma discussão entre poderes públicos e moradores desses locais nominados. Aliás, a legislação prevê isso, principalmente quando se trata de logradouros que já ostentam nomes. No mínimo evita a figura do 'mérito passageiro'; alguém que um dia mereceu, depois 'nem tanto', ou a homenagem que logo perde o sentido.

Evitar-se-ia, por exemplo, o furdunço ocorrido na referida sessão entre familiares de uns, moradores do Jardim do Marquês e militantes pró-Marielle durante a votação de nomes das três praças. Ostentando cartazes e palavras de ordem, os mais radicais contaminaram aos berros boa parte da sessão, além de constrangerem familiares de Paulo Graça ali presentes a convite do Legislativo. Cena lamentável em uma noite para ser esquecida, que demonstra principalmente falta de amadurecimento cívico geral.

É a nossa opinião.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 27 Setembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://diariodejacarei.com.br/

No Internet Connection