[[date:%A, %d %B %Y]]

Cidadão 'meia-face'

EditorialCovid-19

Cidadão 'meia-face'

O resumo da ópera é que um organismo bem protegido tem grande chance de passar incólume diante do que der e vier.  

Uma das mais respeitadas nutricionistas da região, Simone Saab, escreveu em meio à pandemia de Covid-19 que 'um sistema imunológico reforçado é uma arma a mais para combater a doença'. Se você está surpreso com a revelação, não se sinta culpado. A quase totalidade das pessoas parece não acreditar que uma coisa tão óbvia possa ser tão poderosa contra esse mal que assola a humanidade, cujo fim parece ainda distante.

Qualquer de nós fica mais surpreso ainda quando é lembrado de que frutas, legumes, alimentos ricos em vitamina C; os antioxidantes, os cardioprotetores e uma série de produtos encontrados na quitanda mais próxima são valiosos para nos manter protegidos dos inimigos externos grandes ou pequenos, cuja periculosidade não podemos desprezar.

O resumo da ópera é que um organismo bem protegido tem grande chance de passar incólume diante do que der e vier. O que mais surpreende é que bilhões de reais são gastos sem que qualquer programa de orientação nutricional permanente tenha sido patrocinado em grande escala pelos órgãos públicos responsáveis por zelar pela saúde da população. Obviamente que não exclusivo, e sim como parceiro indiscutível às medidas regulares de tratamento.

Se houvessem há muito tempo tais medidas preventivas simples, porém eficazes, a absurda realidade atual de exigir parar tudo, se trancar em casa e ficar à espera de que as coisas melhorem não seria nossa 'grande' defesa. Muito menos nos deixaria em triste posição de fragilidade física e psicológica ante a sanha de espertalhões 'especialistas do confundir para dominar'.

Muitas das manifestações de possíveis candidatos aos cargos executivos e legislativos nas eleições de outubro deste ano não nos deixam esperançosos de mudanças para melhor. O anunciado 'novo normal' que para os otimistas parecia tratar-se do renascer de uma sociedade forte e igualitária, ainda não se faz evidente. Ou seria ele o surgimento do 'cidadão meia-face' que não fica sem máscara de jeito nenhum?

É a nossa opinião. 

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 26 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://diariodejacarei.com.br/

No Internet Connection