[[date:%A, %d %B %Y]]

Jacareí recebe prêmio por redução da mortalidade infantil e materna

CidadeReconhecimento

Jacareí recebe prêmio por redução da mortalidade infantil e materna

Governo de SP reconhece iniciativas transformadoras implantadas pelos municípios em diversas áreas, entre elas a Saúde.  

Em 2017, o índice de mortalidade infantil e materna em Jacareí era de 11,42. Em 2020, o índice caiu para 9,78. Foto- Divulgação/PMJ

A Prefeitura de Jacareí, através da Secretaria Municipal de Saúde, e o Hospital São Francisco de Assis, foram os vencedores do concurso 'Boas práticas – Cases Inovadores', criado para premiar iniciativas que apresentem resultados significativos na superação dos desafios na saúde. O projeto 'Alta Responsável' foi o grande vencedor no desafio 'Mortalidade infantil', trazendo para o município um troféu e um incentivo de R$ 500 mil. A premiação ocorreu na terça-feira (22), no Palácio dos Bandeirantes, com a presença do governador João Doria (PSDB).

O objetivo desta parceria entre Município e Hospital, que iniciou em 2017, é fortalecer o acompanhamento longitudinal da gestante de alto risco e seus bebês até um ano de idade, ampliando o acompanhamento e garantindo a continuidade do cuidado pela Rede de Atenção à Saúde e assim reduzir a mortalidade materno infantil em Jacareí.

A secretária de Saúde, Rosana Gravena, representou Jacareí no evento e recebeu a premiação em nome da cidade. "Este prêmio é fruto do trabalho impecável da nossa Diretoria de Atenção Básica, juntamente com o Hospital São Francisco. É o resultado de um trabalho sério que Jacareí realiza com nossas gestantes e recém-nascidos", explica. 

A secretaria de Saúde de Jacareí, Rosana Gravena, entre o governador João Doria e o vice, Rodrigo Garcia. Divulgação/PMJ

NÚMEROS
Em 2021, o índice de mortalidade infantil em Jacareí foi de 10,62. Nos anos anteriores foram de 11,42 em 2017; 8,97 em 2018; 9,89 em 2019 e 9,78 em 2020.

De acordo com o Cenário da Infância e Adolescência, da Fundação Abrinq, a taxa de mortalidade infantil — menores de 1 ano — no Brasil é de 12,4 para cada 1.000 nascidos vivos.

COMO FUNCIONA
Segundo o projeto, a prioridade do acompanhamento é para as gestantes que fazem o pré-natal de alto risco e que apresentem agravos como HIV, sífilis, uso de substâncias psicoativas, hipertensão, diabetes, mal formação fetal e gestantes com Covid-19. 

A efetiva vigilância do cuidado dessas gestantes é realizado sistematicamente em Jacareí com reuniões entre representantes da Secretaria Municipal de Saúde, Hospital São Francisco e a articuladora da Política Estadual de Humanização do Departamento Regional de Saúde de Taubaté – DRS-XVII, para discussões e encaminhamentos do Projeto de Alta Responsável.

Atualmente, 150 gestantes são atendidas pelo projeto no ambulatório do Centro Materno-Infantil (CEAMI) do Hospital São Francisco e monitoradas pela Atenção Básica de Saúde. O Projeto 'Alta Responsável' auxilia na prevenção de patologias e agravos futuros para as gestantes e fetos, garantindo o acompanhamento diário e com qualidade no serviço do SUS.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 04 Julho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://diariodejacarei.com.br/

No Internet Connection