[[date:%A, %d %B %Y]]

Belizário, o 'tal'

Belizário, o 'tal'

O sujeito é tímido. Basta saber que muita gente verá sua performance e Belizário refuga, gagueja. 

Vindo do interior, onde ganhou um concurso de vocação teatral, onde só ele participou, Belizário tem memória fotográfica e faz contas complicadas em segundos. Consegue guardar qualquer coisa na cachola. Como sonha em ser ator, muda-se ao Rio de Janeiro, na pensão do turco Salomão, que enxerga no hóspede rios de dinheiro e propõe empresariá-lo.

Mas há um entrave: o sujeito é tímido. Basta saber que muita gente verá sua performance e Belizário refuga, gagueja. 'Eu Sou o Tal' (1959), longa-metragem da época da chanchada, é protagonizada por Hamilton Ferreira, o comediante Vagareza (1928-1997), figura de destaque no cenário artístico nacional entre as décadas de 50-60 – hoje, infelizmente, esquecido do público.

Dirigido por Eurides Ramos, o filme acompanha peripécias do aspirante a ator em oportunidades que lhe são dadas na rádio, cinema, TV e teatro. Atrapalhado, destrói sets por causa do bloqueio psicológico. Chico Anysio (nos créditos iniciais apresentado como 'Francisco Anízio' ao lado da então esposa, a também atriz Nanci Wanderley), 28 anos em 1959, faz ponta como o médico Nepomuceno (composição e voz são do Professor Raimundo, criado 7 anos antes, que consagraria Chico a vida toda), acompanhado pela assistente Honorina (Nanci).

A sequência dura meros 4 minutos, tempo suficiente a assistirmos o desembaraço do trio Chico-Nanci-Vagareza numa fina sintonia. A fita tem a curiosidade de mostrar os bastidores dos meios de comunicação da época, improvisos, beldades femininas e os sintomas de que duelos por inveja e malícia estão por aí desde sempre. Daniel Filho (22 anos em 1959) também tem participação especial, numa espécie de antagonista a Belizário.

Como era de praxe, números musicais perpassam a trama, como os de Ângela Maria e Juca Chaves. 'Eu Sou o Tal', disponível na íntegra no youtube, foi a estreia de Vagareza na Sétima Arte. Rodou somente mais 4 filmes depois, todos nos anos 60. Suas praias eram teatro e TV.

No primeiro, foi membro da companhia de Juan Daniel (pai de Daniel Filho). Na segunda, fez parte do elenco inicial da 'Escolinha do Professor Raimundo', 1952-1953. Estava no cast de clássicos do humor, como 'Noites Cariocas' e 'Times Square'. Duração: 85 minutos. Cotação: bom. 

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 17 Agosto 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://diariodejacarei.com.br/

No Internet Connection