Publicidade
Quinta-feira, 22 de Abril de 2021 | você está em »principal»Notícias»Polícia
Publicado em 25/03/2021 às 19h31
Polícia encontra materiais furtados na casa de mulher que fingiu vacinar idosa
A Redação / Diário de Jacareí
Reprodução
Reprodução
Mulher finge aplicar dose de vacina contra a Covid-19 em idosa, em Jacareí

A Polícia Civil encontrou materiais furtados da Santa Casa de Misericórdia na casa da auxiliar de enfermagem que fingiu aplicar vacina em uma idosa, em Jacareí. A ação ocorreu na última segunda-feira (22), após a profissional prestar depoimento, acompanhada de um advogado. Ela permitiu que a polícia revistasse a residência dela.

De acordo com informações da polícia, foram encontrados itens como medicamentos, seringas e soros; não foram encontradas vacinas. Após rastrear o número de lote dos produtos, a polícia identificou que eles foram furtados da Santa Casa de Jacareí. “A polícia encontrou esses materiais, os quais foram confirmados pertencerem à Santa Casa, através de notas fiscais. Parte deles foi devolvida à Santa Casa e estamos aguardando outras confirmações”, afirmou o delegado Tális Prado Pinto que comanda as investigações.

A auxiliar de enfermagem afirmou desconhecer a origem dos produtos e garantiu que não pretendia comercializar nenhum deles. Ela continua em liberdade durante as investigações.

A Prefeitura Municipal, interventora da Santa Casa desde 2003, confirmou uma vez mais ao Diário de Jacareí que a auxiliar de enfermagem teve seu contrato rescindido imediatamente. “Agora, cabe à polícia investigar e esclarecer o caso”, reiterou. E disse ainda que na atual fase da pandemia, está cada dia mais difícil contratar profissionais da área da saúde, “mas continuamos aperfeiçoando os procedimentos de seleção de temporários”, completou.

MEMÓRIA
A auxiliar de enfermagem, contratada em caráter temporário pela Prefeitura Municipal, foi flagrada durante a filmagem do ato fingindo aplicar uma dose de vacina contra a Covid-19 em uma idosa, de 74 anos, na manhã do dia 19 de março, em Jacareí.

A ação ocorreu durante a aplicação da primeira dose da Coronavac em idosos nascidos em 1947 e 1949, em um drive-thru no EducaMais Esperança (região oeste). 

Durante cerca de 20 segundos, a vacinadora, que não é identificada nas imagens da gravação feita pelo marido da idosa, conversa com a munícipe, informa se tratar de uma dose da vacina do Butantan, mostra a ampola com o líquido dentro e, em seguida, injeta a agulha no braço direito da idosa, sem, entretanto, liberar o líquido no seu corpo. 

OUTRO LADO
No mesmo dia, a Prefeitura de Jacareí informou em nota que no auto de exibição e apreensão, realizado pelo delegado responsável pelo caso na Seccional de Polícia nas embalagens das seringas descartadas, devidamente lacradas após o incidente com a idosa, no EducaMais Esperança (região oeste), foram encontradas 239 seringas vazias e uma contendo líquido. 

Neste sentido, ainda de acordo com a atual administração, por se tratar ‘de um caso pontual’, “esclarecemos que os demais vacinados não necessitam de revacinação devendo tomar a segunda dose na data programada”, finalizou. 

Relacionadas
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

22 ABR
Publicidade
Publicidade
Notícias
facebook
Blogs
Publicidade
Publicidade
14/01/2021
Santos e Palmeiras disputam a final da Taça Libertadores no dia 30 de janeiro, às 17h, no Maracanã. Na sua opinião, qual dos dois será o campeão?

Nenhuma enquete encontrada!

Logos e Certificações: