Terça-feira, 22 de Setembro de 2020 | você está em »principal»Notícias»Geral
Publicado em 10/08/2020 às 13h58
Interior tem evolução positiva no combate à Covid-19, diz Desenvolvimento Regional
A Redação / Governo de SP
Governo de SP
Governo de SP
O secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, durante entrevista coletiva

Na 10° Classificação do Plano SP, promovida na sexta-feira (7), em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, nove regiões do interior progrediram para fase amarela: Araçatuba, Bauru, Campinas, Marília, Piracicaba, Ribeirão Preto, São João da Boa Vista, Sorocaba e Taubaté (que engloba toda a região do Vale do Paraíba).

O secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, enfatizou melhoria da situação no interior do estado neste momento. “O interior apresentou redução em três indicadores: 10% de diminuição no número de casos de coronavírus, 7% nas internações e 4% no número de óbitos”, disse o secretário Vinholi. 

“Há ainda duas regiões avançando da fase vermelha para fase amarela. Ribeirão Preto, que saiu de 6,83 leitos de UTI por cem mil habitantes para chegar agora a 22,8. Esforço conjunto  dos gestores municipais e do Governo do Estado, que baixou a ocupação de leitos de 94% para 73%. Foram dois meses desta região na fase vermelha e agora foi possível o avanço direto para fase amarela com a grande evolução na capacidade hospitalar”, comemorou Vinholi.

A região de Piracicaba vivenciou situação análoga. Apresentava apenas 9,66 leitos de UTI por cem mil habitantes e hoje exibe 15,4, com queda na ocupação da última atualização para esta,  de 85% para 70%.

As regiões que vem da fase laranja para amarela apresentaram evolução durante o período e progrediram nesta atualização por conta da evolução na capacidade hospitalar aumentada. O Vale do Paraíba teve queda no número de internações e óbitos. Lá os 7,05 leitos por cem mil habitantes alcançam hoje 20 leitos.

O Secretário de Desenvolvimento Regional informou ainda que as regiões dobraram seus leitos de UTI. São elas: Campinas, Sorocaba, Araçatuba, Marília, São João da Boa Vista e Bauru. 

Quanto às regiões que seguem na fase vermelha, Franca mostrou reação forte em sua capacidade hospitalar. O número de leitos dobrou de 4,32 leitos por cem mil habitantes para 9,2. “Ao longo desta próxima quarentena, chegaremos no triplo da implementação de leitos  do que havia antes nesta região, com 45 novos leitos, sendo 35 na região e 10 na Santa Casa que possibilitarão sair de 80 leitos hoje para 125 leitos até o final deste período”, disse Vinholi.   

O Vale do Ribeira retrocedeu na semana passada para fase vermelha, mas já reestabeleceu sua capacidade hospitalar, saindo de 80% para 61%. Diminuiu também o número de casos em 27% e o de óbitos em 24 %. Mas ainda segue com internações em leve crescimento, e  continuaremos observando neste período, concluiu Vinholi.

QUARENTENA
A coletiva de imprensa da última sexta-feira (7) informou ainda o prolongamento da quarentena no estado, de 8 a 23 de agosto. Na educação, foi anunciada a retomada das aulas no estado. Aulas presenciais (rede pública e privada) serão retomadas em 7 de outubro.

A partir de 8 de setembro as escolas públicas e privadas terão a opção de reabrirem para atividades de reforço escolar, recuperação e atividades opcionais em regiões que estejam na fase amarela por pelo menos 28 dias. 

Publicidade
Relacionadas
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

22 SET
Publicidade
Notícias

Blogs
Publicidade
Publicidade
11/10/2019
A Prefeitura de Jacareí anunciou a implantação de corredores de ônibus na cidade. Qual a sua opinião sobre o tema?
06/04/2019
Após 100 dias de trabalho, qual a sua avaliação sobre o governo de Jair Bolsonaro (PSL)?
  • 38.1%
  • 19.5%
  • 14.6%
  • 13.3%
  • 12.2%
  • 2.2%
Logos e Certificações: