Sexta-feira, 03 de Abril de 2020 | você está em »principal»Notícias»Geral
Publicado em 26/03/2020 às 11h05
Governo define lotéricas e igrejas como atividades essenciais
Andreia Verdélio / Agência Brasil
Marcelo Camargo/Agência Brasil
Marcelo Camargo/Agência Brasil
Em publicação no Twitter, Bolsonaro destacou que, no Brasil, existem 12.956 casas lotéricas e 2.463 se encontram fechadas por decretos estaduais ou municipais

O presidente Jair Bolsonaro definiu outras atividades e serviços essenciais que devem funcionar durante a emergência de saúde pública decorrente do novo coronavírus, mesmo com a adoção de medidas de isolamento e de quarentena pelas autoridades. Entre eles estão as unidades lotéricas e as atividades religiosas de qualquer natureza.

O Decreto nº 10.292/2020 com a ampliação da lista foi publicado nesta quinta-feira (26) no Diário Oficial da União. A primeira lista foi definida pelo Decreto nº 10.282/2020, na semana passada. Pelo texto são serviços e atividades essenciais aqueles indispensáveis ao atendimento das necessidades inadiáveis da comunidade, assim considerados aqueles que, se não atendidos, colocam em perigo a sobrevivência, a saúde ou a segurança da população.

Além de lotéricas e igrejas, o governo incluiu nessa categoria a fiscalização do trabalho, atividades de pesquisa relacionadas com a pandemia de covid-19 e as atividades jurídicas exercidas pelas advocacias públicas, relacionadas à prestação regular e tempestiva dos serviços públicos.

O Brasil já registrou 57 mortes e 2.433 casos da doença provocada pelo novo coronavírus.

Em publicação no Twitter, Bolsonaro destacou que, no Brasil, existem 12.956 casas lotéricas e 2.463 se encontram fechadas por decretos estaduais ou municipais. “Para que possam funcionar em sua plenitude, atualizei, nessa data, o Decreto 10.282”, escreveu.

REPERCUSSÃO
Durante entrevista ao Jornal Piratininga (AM 750), nesta quinta-feira (26), o prefeito de Jacareí, Izaias Santana (PSDB), criticou a medida.

"O risco de decisões casuísticas ou motivadas por pressão de grupos organizados é grande, e todos nós estamos sujeitos a ele. A gente tem que pensar sempre em qual é a recomendação técnica, dos órgãos de saúde e como é possível compatibilizar isso com a manutenção da atividade. Se for possível, ótimo, mas se não for possível, a prudência recomenda seguir a orientação técnica", enfatizou.

Confira a íntegra da entrevista do prefeito de Jacareí sobre o novo decreto do presidente Jair Bolsonaro (a partir do minuto 1h52 de duração do programa) na página do Diário de Jacareí na rede social Facebook. 

https://www.facebook.com/radiopiratiningasjc/videos/214622113184724/

Publicidade
Relacionadas
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

03 ABR
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Notícias

Blogs
11/10/2019
A Prefeitura de Jacareí anunciou a implantação de corredores de ônibus na cidade. Qual a sua opinião sobre o tema?
06/04/2019
Após 100 dias de trabalho, qual a sua avaliação sobre o governo de Jair Bolsonaro (PSL)?
  • 38.1%
  • 19.5%
  • 14.6%
  • 13.3%
  • 12.2%
  • 2.2%
Publicidade
Publicidade
Logos e Certificações: