Publicidade
Segunda-feira, 25 de Março de 2019 | você está em »principal»Notícias»Esportes
Publicado em 03/09/2018 às 16h02
Estudante representa Jacareí em jogos paralímpicos do Estado
A Redação / Assessoria de Imprensa
Cristina Reis/PMJ
Cristina Reis/PMJ
Mikaeli Vitória e o professor Zezinho Guardia, durante treinamento de bocha adaptada

A estudante Mikaeli Vitória Cristóforis, 12 anos, representará Jacareí no torneio de bocha paralímpica dos JESP (Jogos Escolares do Estado de São Paulo), que serão disputados de 4 a 6 de setembro, na capital paulista.

A estudante, portadora de paralisia cerebral, é a única representante de Jacareí na competição, que também será classificatória para as Paralimpíadas Escolares do Brasil, o maior campeonato do mundo de jogos paralímpicos escolares.

“Essa é uma possibilidade. Mas o mais importante é o fato da Mikaeli poder representar a cidade nos Jogos Escolares, só a participação dela nessa competição já é uma vitória”, frisa o treinador e professor da Secretaria de Esportes e Recreação, José Guardia, o Zezinho. “É uma oportunidade dela se ambientar, ter a experiência em meio a outros atletas, isso é fundamental”, completa o treinador. 

A chance de participar dos JESP veio de forma repentina. Mikaeli começou a treinar bocha há dois meses e esta é a sua primeira experiência em uma competição. 

Para o secretário de Esportes e Recreação, Marcelo Bustamante Fortes, Mikaeli é um 'talento' revelado nas escolinhas esportivas, que têm como proposta principal promover a saúde e qualidade de vida.

“Logo no início, o professor (Zezinho) diagnosticou alguns talentos, entre eles a Mikaela, e o resultado é esse; com poucos meses já temos uma representante da nossa cidade no campeonato. Quem sabe não surja um novo Tó”, comenta o secretário, se referindo a um dos grandes nomes da bocha paralímpica, Antonio Lemes, o Tó.

ATIVIDADES
Mikaeli não se rende à limitação imposta pela paralisia cerebral, diagnostica perto de completar um ano de vida. “Ela é muito ativa, está sempre envolvida em alguma atividade” define sua mãe, Roberta Candeias Wenceslau. Estudante do sexto ano do ensino fundamental da escola pública Darci Lopes, no Jardim Paraíso, Mikaeli tem uma agenda bastante movimentada. Além de bocha, ela pratica hidroterapia, faz aulas de inglês e de música. E para completar ainda divulga os quitutes que a sua mãe produz. “Ela me ajuda muito divulgando os meus salgados e doces. E faz no boca a boca para as pessoas que conhece”, diz a mãe. “Mas ela realmente faz muitas coisas gostosas, principalmente pão de mel e pizza enrolada”, atesta a garota. 

Sobre o futuro, Mikaeli diz que gosta de esportes, mas também pensa em outra carreira: “Quero ser veterinária desde criancinha. Amo os animais!”

Publicidade
Relacionadas
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

25 MAR
Publicidade
Notícias

Blogs
08/10/2018
Qual a sua opinião sobre a mudança do Poupatempo para a região central de Jacareí
30/08/2018
Você pretende votar em um candidato de Jacareí­ a deputado nessas eleições?
  • 48.2%
  • 42.1%
  • 9.7%
Publicidade
Publicidade
Logos e Certificações: