Publicidade
Segunda-feira, 18 de Novembro de 2019 | você está em »principal»Notícias»Cidade
Publicado em 10/09/2019 às 19h47
Concessionária paga salário, mas coleta de lixo continua paralisada em Jacareí
A Redação / Diário de Jacareí
Divulgação/Sindicato dos Condutores
Divulgação/Sindicato dos Condutores
Funcionários da empresa Ambiental em Jacareí durante assembleia da categoria

A empresa Ambiental, concessionária dos serviços de limpeza pública em Jacareí efetuou o pagamento dos salários de agosto, mas os serviços deverão continuar prejudicados nesta quarta-feira (11). 

Os cerca de 415 trabalhadores paralisaram suas atividades na manhã desta terça-feira (10) em protesto pelo não pagamento, que deveria ter sido efetuado na sexta-feira (6). Eles reclamam que o fato se tornou rotina nos últimos meses. O serviço de coleta de lixo, varrição das vias e de capina e roçada ficaram suspensos durante todo o dia. 

Aguinaldo Alberto da Silva Souza, o Tico, coordenador da subsede do Sindicato dos Condutores do Vale do Paraíba, em Jacareí (entidade que representa a categoria), confirmou agora à noite à reportagem que a empresa depositou os salários de agosto. Entretanto, o movimento, que vinha se desenhando desde o início da semana, irá prosseguir com um ato em frente à Câmara Municipal e Prefeitura. 

A categoria quer o apoio dos vereadores e o compromisso do prefeito Izaias Santana (PSDB) de que não mais permitirá que a concessionária continue atrasando o pagamento dos salários e de benefícios, como FGTS e férias, aos trabalhadores. 

O diretor do Sindicato dos Condutores disse que categoria deverá manter a greve pelo menos na parte da manhã, quando está prevista a presença dos trabalhadores na sessão de Câmara, a partir das 9h. 

CRÍTICAS
Na manhã desta terça-feira (10), durante entrevista ao Jornal Piratininga (AM 750), o vice-presidente da Câmara Municipal, vereador Paulinho dos Condutores (PL), confirmou que a paralisação foi motivada pelo atraso no pagamento dos salários. Paulinho também informou que a empresa não vem cumprindo com suas obrigações trabalhistas, como o depósito regular do FGTS e pagamento de férias. Segundo ele, alguns trabalhadores "não têm um ‘cruzeiro’ (real) sequer depositado em conta". 

O parlamentar também criticou a Prefeitura por permitir que isso ocorra com uma empresa prestadora de serviço para o Município. 

OUTRO LADO
Em nota, a Prefeitura de Jacareí confirmou a paralisação desde o período da manhã. A Prefeitura esclareceu ainda que entrou em contato com a concessionária Ambiental para averiguar o motivo do atraso dos repasses ou dos benefícios aos funcionários, “já que a Prefeitura está em dia com os pagamentos da empresa”, reforçou em comunicado. 

A concessionária recebe cerca de R$ 4,8 milhões por mês para realizar os serviços de coleta de lixo, varrição e capina e roçada. 

O Diário de Jacareí não conseguiu contato com representantes da Ambiental para comentar a paralisação. 

Publicidade
Relacionadas
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

18 NOV
Publicidade
Notícias

Blogs
11/10/2019
A Prefeitura de Jacareí anunciou a implantação de corredores de ônibus na cidade. Qual a sua opinião sobre o tema?
06/04/2019
Após 100 dias de trabalho, qual a sua avaliação sobre o governo de Jair Bolsonaro (PSL)?
  • 38.1%
  • 19.5%
  • 14.6%
  • 13.3%
  • 12.2%
  • 2.2%
Publicidade
Publicidade
Logos e Certificações: