Quinta-feira, 24 de Setembro de 2020 | você está em »principal»Notícias»Esportes
Publicado em 25/03/2020 às 07h37
COB reage aliviado a adiamento dos Jogos de Tóquio
Rodrigo Ricardo / Agência Brasil
Tomaz Silva/Agência Brasil
Tomaz Silva/Agência Brasil
O presidente da entidade, Paulo Wanderley Teixeira, já havia se manifestado favoravelmente à mudança dias atrás

Alívio. Este foi o sentimento do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) com o adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio para 2021. O presidente da entidade, Paulo Wanderley Teixeira, já havia se manifestado favoravelmente à mudança dias atrás e afirmou que, neste momento, todos os esforços do Brasil e do mundo devem estar concentrados agora no combate à pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

“Estaremos todos juntos nessa luta contra um adversário perigoso. Usando da resiliência, coragem e trabalho em equipe, tantos valores que o esporte nos ensina, seremos capazes de vencer juntos o novo coronavírus”, disse o dirigente do COB, que também elogiou o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, pela serenidade e a capacidade de liderança: “Os atletas são o centro das preocupações do COB e do COI e, por isso, a comunidade olímpica do Brasil está bastante satisfeita com a decisão.”

O governo japonês, o Comitê Organizador Tóquio 2020 e o COI anunciaram, oficialmente, nesta terça-feira (24), o adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio. As competições ocorreriam a partir de 24 de julho de 2020, tendo como nova data limite o verão de 2021 no Hemisfério Norte.

Publicidade
Relacionadas
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

24 SET
Publicidade
Notícias

Blogs
Publicidade
Publicidade
11/10/2019
A Prefeitura de Jacareí anunciou a implantação de corredores de ônibus na cidade. Qual a sua opinião sobre o tema?
06/04/2019
Após 100 dias de trabalho, qual a sua avaliação sobre o governo de Jair Bolsonaro (PSL)?
  • 38.1%
  • 19.5%
  • 14.6%
  • 13.3%
  • 12.2%
  • 2.2%
Logos e Certificações: