Domingo, 27 de Setembro de 2020 | você está em »principal»Notícias»Cidade
Publicado em 09/09/2020 às 15h26
Câmara aprova projeto de Izaias que suspende repasses ao IPMJ
A Redação / Diário de Jacareí
Divulgação/CMJ
Divulgação/CMJ
Vereadores de Jacareí durante sessão de Câmara desta quarta-feira, 9 de setembro

A Câmara Municipal aprovou, na última quarta-feira (9), o projeto do prefeito Izaias Santana (PSDB) que permite à Prefeitura suspender o recolhimento das contribuições previdenciárias patronais devidas ao Instituto de Previdência do Município de Jacareí (IPMJ). 

A votação do projeto se deu pelo placar de sete votos favoráveis e três contrários, sendo estes últimos de Arildo Batista (PTB), Luís Flávio (PT) e Lucimar Ponciano (MDB). O presidente da Casa, Abner de Madureira (PSDB), só votaria em casa de empate. 

Votaram favoráveis à suspensão do repasse os vereadores Paulinho do Esporte (PSD), Paulinho dos Condutores (PL), Rodrigo Salomon (PSDB), Juarez Araújo (PSD), Sônia Patas da Amizade (PL), Aderbal Sodré (PSDB) e Patrícia Juliani (PSDB). 

A iniciativa, que chegou à Casa em regime de ‘urgência’ no dia 21 de agosto, foi criticada pelo Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais (ver texto abaixo).

Em sua justificativa, Izaias explica que a proposta está amparada no artigo 9º da Lei Complementar nº 173, que estabelece o ‘Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus’, aprovado pelo Presidente da República em 27 de maio. Conforme o artigo, “ficam suspensos, na forma do regulamento, os pagamentos dos refinanciamentos de dívidas dos Municípios com a Previdência Social com vencimento entre 1º de março e 31 de dezembro de 2020”.

O prefeito de Jacareí reforça que a medida se justifica em “razão da situação de calamidade pública decorrente da pandemia de Covid-19”, completa.

OUTRO LADO
De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais de Jacareí (STPMJ), a suspensão dos repasses é muito grave e “pode afetar a saúde financeira do Instituto, ameaçando assim o patrimônio da categoria, construído ao longo dos anos”, enfatiza. De acordo com a entidade, atualmente 50% do que entra nos cofres do Instituto, mensalmente, são fruto de repasses do Município. 

Ainda de acordo com o STPMJ, com o projeto aprovado, ele suspende também o pagamento das parcelas da dívida com o Instituto que foi negociada e está sendo paga pela administração, fato que, ainda de acordo com o Sindicato, ‘seria devastador para as contas do IPMJ’.

Segundo a presidente do Sindicato, Sueli Cruz, a entidade iria solicitar ao IPMJ cálculos do impacto que essa possível suspensão dos repasses vai representar para o Instituto.

Efeito Covid-19: Valmir e Márcia
Santos não participaram da sessão

Os vereadores Valmir do Parque Meia-Lua (DEM) e Dra. Márcia Santos (PL) não participaram da sessão de Câmara desta quarta-feira (9), em Jacareí. 

O vereador Valmir, que testou positivo para a Covid-19 na última segunda-feira (7), permanece em isolamento em sua casa, assim como seu gabinete. De acordo com seus assessores, Valmir está tomando as devidas medicações e deve permanecer em casa por 15 dias a partir da data de diagnóstico.

A vereadora Dra. Márcia Santos (PL) se ausentou da sessão devido ao diagnóstico positivo para Covid-19 de dois assessores do seu gabinete. 

Em nota, A Câmara Municipal informou que os outros assessores, além da própria Márcia, já realizaram os testes e os resultados devem sair até o dia 15. “Estamos tomando todos os cuidados e trabalhando remotamente. Estamos bem de saúde e vamos aguardar o tempo necessário para não colocar ninguém em perigo, pois também temos, em nossa equipe, pessoas no grupo de risco”, disse a parlamentar. 

Publicidade
Relacionadas
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

27 SET
Publicidade
Notícias

Blogs
Publicidade
Publicidade
11/10/2019
A Prefeitura de Jacareí anunciou a implantação de corredores de ônibus na cidade. Qual a sua opinião sobre o tema?
06/04/2019
Após 100 dias de trabalho, qual a sua avaliação sobre o governo de Jair Bolsonaro (PSL)?
  • 38.1%
  • 19.5%
  • 14.6%
  • 13.3%
  • 12.2%
  • 2.2%
Logos e Certificações: