Quinta-feira, 03 de Dezembro de 2020 | você está em »principal»Notícias»Geral
Publicado em 24/10/2020 às 10h24
Avanços permitem novas abordagens para o câncer de mama, diz especialista
A Redação / Assessoria de Imprensa
Ilustração
Ilustração
Câncer de mama: especialista ressalta a importância do diagnóstico precoce

O tratamento do câncer de mama conta com o avanço da ciência para uma abordagem mais ampla, que pode incluir os procedimentos tradicionais de cirurgia, radioterapia e quimioterapia. “A hormonioterapia e a terapia alvo são novos métodos incorporados no tratamento desse tumor e que podem trazer resultados bastante positivos”, esclarece Ramon Andrade de Mello, médico oncologista, professor da disciplina de oncologia clínica da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), da Uninove e da Escola de Medicina da Universidade do Algarve (Portugal).

O especialista explica que a terapia hormonal pode reduzir a ocorrência do câncer de mama em pacientes com alto risco genético. A hormonioterapia também contribui para mitigar o risco de retorno do tumor operado: “Já a terapia alvo atua diretamente nas moléculas indispensáveis para as atividades das células cancerígenas, freando sua expansão”, afirma.

O oncologista ressalta a importância do diagnóstico precoce. “Mesmo que a mulher não tenha câncer, ela precisa procurar seu médico oncologista para fazer um check up oncológico para entrar em um programa de rastreio adequado possibilitando a prevenção dessa doença”.

NÚMEROS
Estimativas do Instituto Nacional de Câncer (Inca) apontam que o país deve registrar 66.280 novos casos em 2020. O tratamento depende da fase que a doença se encontra.

Além da herança genética, o oncologista Ramon de Mello alerta para outros fatores que aumentam os riscos da doença. “O uso de hormônio, obesidade, tabagismo e alcoolismo estão inclusos nesta lista. Portanto, a recomendação é buscar vida saudável, com atividades físicas periódicas e alimentação adequada”, explica.

O oncologista é do corpo clínico do Hospital Israelita Albert Einstein e Hospital 9 de Julho, em São Paulo, SP, e do Centro de Diagnóstico da Unimed (CDU), em Bauru (SP).

Relacionadas
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

03 DEZ
Publicidade
Notícias
facebook
Blogs
Publicidade
Publicidade
Logos e Certificações: