Publicidade
Sexta-feira, 05 de Março de 2021 | você está em »principal»Notícias»Editorial
Publicado em 19/02/2021 às 13h48
À mãe o que é da mãe
A Redação / Diário de Jacareí

Em Jacareí, as aulas continuam remotas na rede municipal e presencial em 35% na estadual. Na capital, entretanto, a prefeitura inovou. Vai contratar 5 mil mães de alunos da rede municipal para trabalhar nas escolas públicas como agentes de protocolos de saúde contra o coronavírus. O programa dá preferência às desempregadas. Elas vão receber R$ 1.155 mensais. Mais de 90 mil inscreveram-se.

Além da ironia de um problema (pandemia) ajudar no enfrentamento de outro (desemprego) a medida pode contribuir para desatar um nó que vem agravando a crise no setor desde que se tentou a volta às aulas: parte do professorado reluta em voltar para as classes; há declaradamente intenção de os opositores governo tornarem o país o mais ingovernável possível.

Com mães de alunos beneficiadas por voltarem a trabalhar, a anunciada greve, tida como iminente, terá de ser repensada, uma vez que as 5 mil mães contratadas só poderão usufruir do benefício com alunos na escola. Assim, a citada obstrução ao governo por parte dos opositores não pode prejudicar desempregados que conseguem colocação, pois será politicamente ‘um tiro no próprio pé’.

Maior benefício, entretanto, são os próprios fatos tomarem providências que nossos pensadores deveriam tê-las tomado havia muito tempo, independentemente de pandemias: dar aos alunos a proteção básica de quem entende do assunto: mães. 

Quem convence uma criança a comer o lanche antes da brincadeira; de cuidados para não se machucar; de manter-se quieto quando precisa; de cuidar o melhor possível da higiene; de estudar na hora do estudo? Quem sabe, sorrindo, botar ordem num bando de crianças que se junta em algazarra aparentemente incontrolável, senão as mães?!

A partir da notícia da volta às aulas, certa imprensa militante tratou logo de mostrar quantas crianças morreram por contrair Covid em escolas. Lamentável as mortes. Foi preciso sacrificar vidas para se concluir o óbvio: dar à mãe o que é da mãe.

É a nossa opinião.

Relacionadas
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

05 MAR
Publicidade
Notícias
facebook
Blogs
Publicidade
Publicidade
14/01/2021
Santos e Palmeiras disputam a final da Taça Libertadores no dia 30 de janeiro, às 17h, no Maracanã. Na sua opinião, qual dos dois será o campeão?

Nenhuma enquete encontrada!

Logos e Certificações: