Publicidade
Quinta-feira, 14 de Novembro de 2019 | você está em »principal»Blogs»Plenário
Publicado em 15/02/2013 às 09h41
Vinte e cinco cidades terão eleições municipais este ano


ANGELO DE PAULA ANANIAS

NOVA ELEIÇÃO
Vinte e cinco municípios nos quais as eleições municipais do ano passado foram anuladas devido à Lei da Ficha Limpa já tiveram definida a data para um novo pleito. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), as novas votações vão ocorrer nos meses de março e abril. Outro município, Guarapari (ES), teve a nova eleição realizada no dia 3 passado. As eleições foram anuladas porque os candidatos que obtiveram mais de 50% dos votos válidos tiveram os registros de candidaturas julgados rejeitados pela Justiça Eleitoral, em julgamento posterior ao pleito. Nos municípios em que a eleição foi anulada, os presidentes das câmaras municipais estão exercendo o comando do Executivo Municipal.

NOVA ELEIÇÃO II
As novas datas foram agendadas pelos tribunais regionais eleitorais (TREs) dos nove estados onde estão localizados os 25 municípios que tiveram eleições anuladas. Segundo o TSE, no dia 3 de março serão realizadas novas eleições nas cidades de Erechim (RS), Eugênio de Castro (RS), Novo Hamburgo (RS), Sidrolândia (MS), Camamu (BA), Balneário Rincão (SC), Campo Erê (SC), Criciúma (SC), Tangará (SC) e Bonito (MS). Já no dia 7 de abril, haverá novo pleito nos municípios de Pedra Branca do Amapari (AP), São João do Paraíso (MG), Biquinhas (MG), Diamantina (MG), Cachoeira Dourada (MG), Joaquim Távora (PR), Serra do Mel (RN), Muquém do São Francisco (BA), Caiçara do Rio do Vento (RN), Coronel Macedo (SP), Eldorado (SP), Fernão (SP), Tucunduva (RS), Vacaria (RS) e Sobradinho (RS).

AUSÊNCIA
O prefeito Hamilton Mota (PT) não compareceu ao desfile das escolas de samba, no último sábado (9); viajou com a família. Salvo engano, foi a primeira vez que isso aconteceu. Ele foi representado pelo vice, Adel Edinne (PMDB), que ficou até a passagem da última agremiação, já com o dia amanhecendo, e com quase ninguém nas arquibancadas da Avenida Davi Lino.

COI JACAREÍ
A vereadora Ana Lino (PMDB) solicitou ao prefeito a viabilização da implantação do Centro de Operações Integradas (COI), na cidade. A medida visa aumentar a segurança do município, que, de acordo com dados da DEINTER, registra alto índice de criminalidade. O COI é um sistema de monitoramento por câmeras que funciona 24 horas por dia e seria integrado à Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal e Defesa Civil.
O sistema já existe em São José dos Campos, e foi uma das bandeiras da administração tucana durante os 16 anos de comando do PSDB.

JD. LIBERDADE Ana Lino (PMDB) também pediu ao prefeito a presença da Guarda Civil Municipal no Jardim Liberdade, região central. A vereadora quer que a Guarda fique o maior tempo possível no Espaço Liberdade, área de lazer e de esportes bastante frequentada por moradores do entorno. Nas proximidades da região existe um terreno baldio, no qual viciados, em crise de abstinência, têm atacado as pessoas em busca de dinheiro para comprar drogas. O fato chamou a atenção da parlamentar, que entende que a presença da Guarda Municipal irá inibir a ação dos viciados e manter a ordem no local.

NOVO COMANDO
O PSDB prepara convenção municipal que deverá eleger o novo comando do diretório local. O evento ocorrerá no dia 17 de março, com previsão de chapa única liderada pelo advogado Izaias Santana, candidato a prefeito nas eleições de 2012. Entre os novos filiados da sigla está a candidata a vice pelo PV, Patrícia Juliane e, possivelmente, a educadora Ana Abreu, que não concordou com a candidatura a prefeito do então vereador Adriano da Ótica e deixou o PPS no ano passado.

NA MEDIDA
De acordo com a assessoria de imprensa da empresa, a CCR NovaDutra recolheu em 2012, R$ 22,8 milhões em ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza) às prefeituras dos quinze municípios do Vale do Paraíba servidos pela Via Dutra, perfazendo uma extensão de 175 quilômetros. O município com maior volume de recursos é São José dos Campos, que recebeu mais de R$ 3 milhões em 2012. Ele é seguido por Pindamonhangaba (R$ 2,5 milhões), Jacareí (R$ 2,2 milhões) e Taubaté (R$ 2,1 milhões). O critério para a definição dos valores distribuídos é a extensão da Via Dutra dentro da área de cada município, independentemente de haver ou não a existência de praça de pedágio.
Segundo a empresa, o valor total recolhido aos 15 municípios servidos pela Via Dutra na região nestes 12 anos de concessão supera a cifra de R$ 175 milhões. Se forem consideradas todas as 36 cidades servidas pela Via Dutra, o valor chega a R$ 399 milhões. 

Publicidade
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

14 NOV
Publicidade
Notícias

Artigos
Perfil do Blog
Plenário

Radialista e Jornalista há 41 anos, Angelo Ananias já participou da cobertura de quatro Copas do Mundo de Futebol (México, Itália, Alemanha e Brasil) e diversos eventos internacionais pelas principais emissoras de rádio de SP. Foi secretário municipal de Comunicação e Esportes e, atualmente, é Diretor Geral e de Redação do Diário de Jacareí


E-mail do autor: angeloananias@diariodejacarei.com.br
Arquivo
11/10/2019
A Prefeitura de Jacareí anunciou a implantação de corredores de ônibus na cidade. Qual a sua opinião sobre o tema?
06/04/2019
Após 100 dias de trabalho, qual a sua avaliação sobre o governo de Jair Bolsonaro (PSL)?
  • 38.1%
  • 19.5%
  • 14.6%
  • 13.3%
  • 12.2%
  • 2.2%
Publicidade
Publicidade
Logos e Certificações: