Publicidade
Quarta-feira, 23 de Junho de 2021 | você está em »principal»Blogs»Plenário
Publicado em 04/06/2021 às 14h45
Vice-presidente diz que Brasil caminha para independência na produção de vacinas


ANGELO DE PAULA ANANIAS

FURA-FILA
A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) vai apurar denúncias sobre fraudes e fura-fila da vacinação contra a Covid-19. O colegiado será formado por dois representantes da Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania e dois da Saúde; um da Secretaria de Desenvolvimento Regional, um da Corregedoria-Geral da Administração e um do Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Estado.

ESTADO
A comissão receberá auxílio da Procuradoria-Geral do Estado, além de ter o poder de requerer informações de instituições públicas e privadas sobre os denunciados. O colegiado fará a apuração necessária até protocolar o fato ao MP. Com o avanço da vacinação da Covid-19 no Estado para pessoas com comorbidades, cresce também o número de denúncias sobre atestados médicos fraudulentos para conseguir ser imunizado antes do permitido pelos governos estadual e federal.

PENALIDADES
Em fevereiro deste ano, os deputados estaduais aprovaram lei, de autoria de Heni Ozi Cukier (Novo) e Gilmaci Santos (Republicanos), que dispõe sobre penalidades a serem aplicadas pelo não cumprimento da ordem e vacinação de grupos prioritários. Na semana passada, o governo do Estado publicou o Decreto 65.725 com a regulamentação da lei. 

MULTAS
A norma sancionada pelo governador João Doria (PSDB) estabelece multas para o agente público que aplicar a vacina indevidamente e para o cidadão que tomou o imunizante. Se for funcionário público, o 'fura-fila' receberá o dobro da multa que seria aplicado a qualquer outra pessoa. No caso de quem aplicou, o valor da multa pode ir de R$ 1.400 até R$ 24 mil. Para quem recebeu a dose da vacina, o valor pode ir de R$ 3 mil até R$ 50 mil. Já o funcionário público que se beneficiar pode pagar até quase R$ 100 mil de multa. Os valores arrecadados serão recolhidos pelo Fundo Estadual de Saúde.

AGORA VAI?
O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, publicou na quarta-feira (2) em suas redes sociais, artigo em que defende que o Brasil caminha para a contenção da pandemia de Covid-19. Entre os argumentos apresentados por ele está o avanço da vacinação no país. Mourão destacou a marca de 100 milhões de doses distribuídas aos estados brasileiros alcançada no início do mês.

AUTONOMIA
Hamilton Mourão também disse que o Brasil deverá se tornar referência na produção de imunizantes com insumos nacionais. Destacou o acordo assinado com a AstraZeneca na terça-feira (1º). A transferência de tecnologia permitirá ao Brasil produzir o Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) e, com isso, o país se tornará independente na produção do imunizante. As vacinas 100% nacionais começam a ser produzidas em junho e as primeiras doses serão entregues em outubro.

HOMENAGENS
A Câmara Municipal realizou na quarta-feira (2) mais uma sessão ordinária, com a retirada de dois projetos da Ordem do Dia, medida adotada em função do falecimento de Alexandre Ferreira Pereira, filho do vereador Valmir do Meia-Lua (DEM). Na sessão houve apenas a leitura e votação dos trabalhos dos vereadores, e do uso da Tribuna Livre, momento em que colegas prestaram suas últimas homenagens e pêsames a Valmir e seus familiares. 

Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

23 JUN
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Notícias
facebook
Artigos
Perfil do Blog
Plenário

Radialista e Jornalista há 41 anos, Angelo Ananias já participou da cobertura de quatro Copas do Mundo de Futebol (México, Itália, Alemanha e Brasil) e diversos eventos internacionais pelas principais emissoras de rádio de SP. Foi secretário municipal de Comunicação e Esportes e, atualmente, é Diretor Geral e de Redação do Diário de Jacareí


E-mail do autor: angeloananias@diariodejacarei.com.br
Arquivo
Publicidade
14/01/2021
Santos e Palmeiras disputam a final da Taça Libertadores no dia 30 de janeiro, às 17h, no Maracanã. Na sua opinião, qual dos dois será o campeão?

Nenhuma enquete encontrada!

Logos e Certificações: