Publicidade
Segunda-feira, 17 de Junho de 2019 | você está em »principal»Blogs»Coisas de Cinema
Publicado em 21/12/2018 às 16h23
Politicamente chato demais


RODRIGO ROMERO

Foi notícia há alguns dias: Popeye voltou em novos episódios para comemorar seus 90 anos de vida. E voltou 'modificado'. Ao invés do potente cachimbo, o apitinho mixuruca. No lugar do espinafre, o que dava a força ao marinheiro, a mesma verdura, mas orgânica. 

O que é isso? Onde estamos? Para onde a humanidade caminha? Muito tem se falado do 'politicamente correto', expressão que desde que ouvi a primeira vez me soou como cocô de pomba atingindo todos nós que passamos pelas ruas.

Não a aceito em hipótese alguma. O planeta Terra se molda ao estilo 'de bom senso' de se comportar. Ora, bolas. As piadas, até meados da década de 1990, eram sem freios, sem reflexão anterior, ou seja, sem censura.

O programa dos Trapalhões seria feito de que forma hoje em dia? A gente sabe. Foi feita a 'homenagem' ao quarteto Didi, Dedé, Mussum e Zacarias ano passado. O resultado? Uma porcaria sem tamanho.

Antes, o modo como o personagem de Renato Aragão se dirigia ao companheiro 'afrodescendente' era cheio de palavras de cunho hoje denominado 'racista' - crioulão, negão, petróleo etc. Agora todos são, até que se prove o contrário, machistas, misóginos, homofóbicos e gordofóbicos.

Para cada categoria, existe um grupo que se manifesta contra a frase de tal artista, a palavra de tal político, a música de tal cantor. No Youtube, há o vídeo de uma entrevista de Agildo Ribeiro ao Jô Soares 11 e Meia, de 1993.

Agildo conta uma história sobre a vendedora de livros que bateu em sua porta às 7 da manhã. Se fosse hoje, não há a menor dúvida, o dono do Cabaré do Barata seria processado pelas feministas, a campanha contra ele na internet estaria forte e sei lá se ele conseguiria trabalhar novamente.

Poderia citar e recordar vários outros exemplos, mas o espaço me impede. Está chato. Não sei aonde vamos parar. Mas está bastante perigoso. As pessoas atualmente estão mais preocupadas em se autobajular. Cuidem-se. E feliz 19!

Publicidade
Comentários (0)

ATENÇÃO!

Os comentários publicados neste espaço são de responsabilidade de seus autores e não expressam
necessariamente a opinião do Diário de Jacareí


Por favor, faça o login antes de comentar

17 JUN
Publicidade
Notícias

Artigos
Perfil do Blog
Coisas de Cinema

Rodrigo Romero é jornalista desde 2001. Passou por Diário de Jacareí, Diário de Mogi e assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Jacareí. Em 2008 foi para a TV Câmara Jacareí, onde até hoje atua como apresentador e repórter. Escreve há quase dez anos, semanalmente, a coluna 'Coisas de Cinema' no Diário de Jacareí.


E-mail do autor: rodrigoromeropl@ig.com.br
Arquivo
06/04/2019
Após 100 dias de trabalho, qual a sua avaliação sobre o governo de Jair Bolsonaro (PSL)?
08/10/2018
Qual a sua opinião sobre a mudança do Poupatempo para a região central de Jacareí
  • 70.8%
  • 20.9%
  • 8.3%
Publicidade
Publicidade
Logos e Certificações: